quinta-feira, abril 27, 2006

PACHECO PEREIRA XVIII

Pacheco Pereira deu-nos hoje, na "Quadratura do Círculo", a sua opinião sobre o Cravo vermelho e o 25 de Abril. Cheirou mal e sssssssssssibilou. Pfuh.

Contributo para o Echelon: Kwajalein, LHI

4 comentários:

  1. JPP na última quadratura fez a leitura oficiosa do significado do discurso de Cavaco. Elucidou os portugueses acerca da eterna questão - Quem deve pagar a crise ?

    Isentou os ricos ( esses são para criar riqueza) e circunscreveu o território à classe média ( como ele e o jurisprudente do Belmiro).

    Esqueceu que a classe média portuguesa aufere rendimentos pouco acima do mínimo, generalizando o stablishment (deles) a um depauperado conjunto de cidadãos assalariados ( que às vezes ainda consomem - vejam lá o pecado !).

    Isentou os lucros astronómicos na obrigação da sustentação das obrigações sociais do estado.
    O consultor do Belmiro continuará a praticar engenharia financeira para isentar o Belmiro de impostos.

    Enfim ...
    moral engrominadora mascarada de liberal e culta.

    A evitar !

    Rosa Teixeira

    ResponderEliminar
  2. E ainda teve a lata de referir velha máxima da UDP "Os ricos que paguem a crise". E disse isso a olhar para mim. Se querem pegar o touro, peguem-no pelos cornos, pelo grande capital e pelso senhores da banca. Parem de bater na classe média baixa que é quem tem pago todos os erros de governação. Não é Portugal que está em crise, é o sistema economico capitalista global que não dá resposta aos problemas. Isso, o nosso Pacheco parece não entender do alto da sua cátedra liberal. Inteligentes como ele só mesmo para a tourada.

    ResponderEliminar
  3. fiz zap, vi jpp, e fiz zap de novo.

    zap!

    ResponderEliminar
  4. Não gosto deste senhor e ponto final.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo