domingo, agosto 27, 2006

2º Desafio

A nossa Maria

9 comentários:

  1. A Maria passava as cuecas do marido com o seu novíssimo ferro de engomar a vapor. Surgiu o Cavaco, que a fixou com olhos esbugalhados por entre os Pffes que se ouviam enquanto o vapor saía. No lugar da sua moderníssima esposa estava uma idosa que segurava na mão um velho ferro dos tempos salazarentos. Assustado perguntou:
    -Maria que se passa?
    Como se uma onda de "twilight zone" por ali tivesse passado, a Maria, lentamente levantou os olhos e em voz dura ripostou:
    Sr. Dr., já trabalho para si há muitos anos e sempre o respeitei e o Sr. sempre me respeitou e me chamou de Dona Maria. Não lhe admito essas modernices de me chamar simplesmente Maria. Que pensariam as pessoas se eu o passasse a tratar por António em vez de Dr. Salazar? Assustado Cavaco corre para a porta mas estaca, ao ver reflectido num espelho a sua imagem; O velho ditador olhava para si fixamente.
    Se o tempo o levou num salto ao passado ou ao futuro só o tempo o dirá.

    ResponderEliminar
  2. Claudinha28/8/06 01:47

    uau..do caneco essa história...passa Maria, passa..

    e só complementando;
    Mau Maria,
    Mau Maria...
    estás aqui estás a passar!!!!!

    ResponderEliminar
  3. Uma história linda. Nada a acrescentar senão um pormenor: ao ver a imagem junta, o Ónible não peguntou «o que se passa?» coisa nenhuma. Ralhou logo:
    - Maria, fizeste um up lifting às mamas e gastaste o nosso dinheiro!
    A Maria responde como relata o ADN.
    Até sempre.

    ResponderEliminar
  4. Escolho esta: é a Cidadã Maria, uma Engomadeira do Directório. Puseram-lhe nas mãos umas meias de seda, dizendo que eram de Napoleão, mas era mentira... eram umas peças rascas do Príncipe de Tayllerand.
    Mas para Marie de Boully-Quême, tudo é seda, a começar por ela.

    P.S - Repare-se no rasto negro que o ferro deixa: em vez de cumprir as indicações da etiqueta do El Corte Inglês -- Ferro I -- ela ligou em Ferro III, para ser mais rápido: o Palácio é enorme, e com aquele problema de coluna, cada vez lhe custa mais aspirá-lo.
    Cidadã Maria.

    ResponderEliminar
  5. -se eu soubesse o que sei hoje...tinha ficado com o cherne da outra...

    ResponderEliminar
  6. Bem disse ao Anibal para avisar o Sócrates que não devia legalizar as kosovares todas.
    Agora a minha foi-se (para a universidade) e aqui estou eu a engomar as peúgas (vinda da universidade)

    ResponderEliminar
  7. Um dia ainda hei-de deixar esta vida de merda e casar com o presidente deste um país, mesmo que seja um palerma, e ser Miss Belém.

    ResponderEliminar
  8. Maria que fazes! Não acredito! Estragaste o ferro eléctrico? Não querido Anibal, mato os ..CHATOS QUE NÃO TE LARGAM , À MODA ANTIGA!

    ResponderEliminar
  9. A culpa de tudo isto é da EDP... :)
    Suspirando por tempos idos!

    Jinhos

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo