quarta-feira, agosto 23, 2006

Anda Maria ou a linda poesia de Manuel João Vieira

Hon Hin Hon

Hon (hin) Hon (hin) Hon Hon (hin) Hon (hin) Hon
Hon hin hon hon hin Hon hin hon hon hin
Hon hin ho-hon hin Hon hon hin hon hon hin
.
Eu quero a minha conta bancária na Suiça
Para meter lá a minha linguiça
Eu quero a minha conta bancária na Suiça
Para meter lá a minha linguiça
Todo o ano
Amo-te, és tão linda
(Hon hin hon hin Hon hin hon hon hin)
Amo-te, és tão linda
(Hon hin hon hin Hon hin hon hon hin)
.
Sinto-me tão bem quando te vejo
Os teus olhos merecem um beijo
Sinto-me tão bem quando vou para o Belém
Sinto-me tão mal quando vou para o Funchal
.
Anda Maria
Vamos para a praia
Vamo-nos amar
Como os peixinhos do mar
Como os peixinhos do mar
Vamo-nos amar
Vamos para a praia
Anda Maria
.
Hon hon hin hon hon hin hon hon hin hon hon hin
Hon hon (brrrrr) Oink oink (brrrrr)
Oink oink (brrrrr) Oink
(Ena Pá 2000 – Enapália 2000)

3 comentários:

  1. ...................................
    ...................................
    ...................................

    Ó homem, porra, que já me doi o estômago!!!... ( se me entra o boss na gabinete digo-lhe o quê?, que estou a chorar de emoção com o trabalho?)
    ...................................
    ...................................
    ...................................

    ResponderEliminar
  2. eheheeh! E será que a pobre da Maria aguenta tanta pedalada?

    eheheh! Saudações directamente do inferno para o Kaos!

    ResponderEliminar
  3. Pela linguiça na Suiça lembrei-me do Isaltino, mas as referencias à Maria e a Belém e Funchal decidiram pelo Cavaco.Não resisti.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo