sexta-feira, fevereiro 16, 2007

O Eunuco da Democracia

Alberto João Jardim diz que portugueses não têm testículos para dizer que o referendo à interrupção voluntária da gravidez (IVG) não é vinculativo.

Pelos vistos o Bicho da Madeira, para além da concepção estranha que tem de democracia, também é surdo. Até hoje não ouvi ninguém dizer que este referendo, à luz da actual lei, é vinculativo. O que foi democraticamente assumido é a opção maioritária dos portugueses a favor do sim no referendo sob a despenalização da IVG. Talvez o Bicho ainda não tenha entendido que neste país, quem faz as leis é a Assembleia da Republica e, que nem teria havido a necessidade de fazer qualquer referendo para a aprovar. O PS resolveu realizá-lo simplesmente porque considerou mais correcto faze-lo, arriscando-se assim a uma vitória do Não, como já tinha sucedido em 1998. Nessa altura, com uma votação inferior à actual e portanto também não vinculativa, foi respeitado o resultado.
Quem afinal não parece ter testículos para aceitar a democracia e a livre opção de voto dos portugueses é o Sr. Jardim. De eunucos da democracia estamos nós já fartos.

Contribuição para o Echelon: Kwajalein, LHI

16 comentários:

  1. chegou e disse16/2/07 19:03

    Já comentei no blogue dos marretas que esse cara de esfincter anal mal lavado, como lhe chamam os ditos marretas, precisava era de apanhar com uns testículos de elefante sobre a protuberância óssea que traz em cima dos ombros.

    ResponderEliminar
  2. Guerreiro:
    Bem vindo aqui ao jardim
    abraço

    ResponderEliminar
  3. Chegou e disse:
    tenho pena é do elefante, coitado.
    abraço

    ResponderEliminar
  4. Henry Pote16/2/07 19:22

    Custa é perceber o silêncio dos chefes laranjas relativamente aos dislates deste bisbórrio!
    Será que não têm coragem para lhe cortarem a trava?

    ResponderEliminar
  5. creio que sobre a matéria ainda vamos ouvir maiores alarvidades e, se não me engano, provenientes de gente "mais acima"...
    abraço e bom fim-de-semana de carnaval

    ResponderEliminar
  6. O Dr. Bicho está mal habituado lá na Madeira ao 'quero, posso e mando'...

    E no PSD do cont'nente é que parece não haver ninguém com t'mates... para mandar calar este aborto...

    Um Xi da Porca

    ResponderEliminar
  7. Enganaram-se na parte que lhe cortaram...deveria ter sido a língua. :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. zé_luís_paxaxa17/2/07 16:30

    por acaso, se houve coisa para a qual os portugueses ainda não tiveram testículos, em especial os laranjinhas, foi para meter esse senhor no seu lugar,que é num cantinho ainda mais pequenino que a Madeira - arrisco mesmo a dizer, que é no caralho que o foda violentamente. A pergunta: mas ainda há quem o oiça, se a frase não tiver "testículos" ou "dejectos"? Ao que se vê o senhor obrigado...

    ResponderEliminar
  9. Henry:
    O MM tem medo do Bicho da Madeira. Leva um estalo que se cala logo.
    abraço

    ResponderEliminar
  10. luikki:
    Comprei o Sol e lá se confirmam as tuas previsões.
    abraço

    ResponderEliminar
  11. Porca:
    Claro que não há. Só o Cavaco o podia fazer e nem esse se quer aborrecer com o assunto. Nós é que lhe deviamos provar que temos tomates e da próxima vez que ele viesse ao contenente lá estariamos para lhe atirar com eles.
    bjs

    ResponderEliminar
  12. tb:
    Eu cortava mais abaixo ao nivel do pescoço.
    bjs

    ResponderEliminar
  13. Paxaxa:
    Ele é assim como o menino mau que está desterrado na ilha. O PSD gosta dele porque lhe dá vitórias, o PS não se mete com ele para não falarem de democracia e liberdade e o Cavaco é um cobardolas.
    abraço

    ResponderEliminar
  14. curiosamente torenou-se extremamente importante a opinião dos que não a quiseram dar...estranho.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Cristina:
    A opinião de alguns é sempre endeusada por razões publicitárias. Faz parte da estratégia.
    bjs

    ResponderEliminar