sexta-feira, março 30, 2007

Coveiro da esperança

Na tristeza de ver este país a afundar-se num liberalismo sem futuro, no desconsolo de uma revolução perdida e de uma esperança adiada, procurava no desespero de não saber o que fazer ou dizer, imagens avulsas de inspiração. Encontrei ai este coveiro do Serviço Nacional de Saúde, este assassino de resquícios de outros tempos e de outros sonhos em parecia possível um Mundo novo, um mundo melhor.

Contribuição para o Echelon: NATOA, sneakers, UXO

14 comentários:

  1. visitante30/3/07 02:23

    Mal-governados, deseducados, desamparados ...
    Estão assim os portugueses.

    ResponderEliminar
  2. visitante:
    O pior é que nada fazem para mudar a situação.
    abraço

    ResponderEliminar
  3. É parte do inexorável caminho para a redução do défice. :S

    ResponderEliminar
  4. Qual redução qual carapuça? Raposa, ninguém reduz uma dívida se continua a esbanjar. Deixem-se de ilusões.

    E não esqueçam que quem nos governa é sempre rato de navio.

    ResponderEliminar
  5. Genial! um coveiro sem dúvida...


    kaos.. há quem lute por mudar a situação... mas essas pessoas incómodas, mesmo que ocupem lugares de pouco (ou nenhum) destaque são rapidamente "escovadas"... a competência e honestidade não é bem vista no actual sistema... anyway, recuso-me a mudar.

    au revoir

    ResponderEliminar
  6. O tacho dele (e não só) está bem salvaguardado pelos privados que estão que nem abutres a sobrevoar a carcaça!...;)


    BeijInhas

    ResponderEliminar
  7. Agora fecha-se, para dar espaço aos privados. Depois paga-se aos privados mais do que se gastava antes.
    Triste sina ter coveiros no governo.
    PS - Depois de abrir as covas ele já tem garantida uma posição num qualquer grupo económico com interesses na saúde, mesmo que com um cargo onde não se encontrem as tais incompatibilidades.
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. raposa:
    Eu sei, em nome do liberalismo europeu. Não sei se quero.
    abraço

    ResponderEliminar
  9. cris:
    Se esperarmos sentados não vamos longe não. Há que fazer alguma coisa.
    bjs

    ResponderEliminar
  10. aitb:
    Eu sei que também vejo como as coisas se vão passando no emprego, na autarquia, no governo. Mas não devemos abdicar do nosso direito a nos indignarmos por isso e apontar sempre o dedo. Até que o sistema mude
    abraço

    ResponderEliminar
  11. inha:
    Esses já nem necessitam de sobrevoar. O coveiros oferece-lhes a carne bem fresquinha
    bjs

    ResponderEliminar
  12. antónio d. lopes:
    Via assim na saúde e vai ser assim na educação. A segurança social também lá chegará. Há ai quem não aceite não receber cada centimos que ganhemos com o nosso esforço.
    abraço

    ResponderEliminar
  13. Henry Pote31/3/07 10:59

    Esta imagem deve chocar os profissinais coveiros que não gostarão de se ver retratados nesta personagem!

    ResponderEliminar
  14. henry:
    Vão ter paciência, mas se estamos a falar de um enterro temos de ter um coveiro.
    abraço

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo