quinta-feira, abril 26, 2007

O Tunel do Carmona

Foi finalmente inaugurado o Túnel do Marquês de Pombal. A Liga dos bombeiros profissionais de Lisboa vieram avisar para diversos problemas de segurança na sua concepção, o que coloca em causa a segurança para quem o utiliza, para além daqueles que já todos sabíamos existirem pelos níveis de inclinação existentes e que ultrapassam em muito todas as recomendações europeias. Contrariando esta ideia, apareceram depois os Sapadores Bombeiros a garantir a segurança do túnel e o Presidente da câmara a afirmar que é, de todos os existentes em Lisboa, o mais seguro. Perante estas opiniões tão divergentes, para que o túnel abrisse devia ser exigido a Carmona Rodrigues e a todos aqueles que põem a mão no lume pela segurança para quem o utilizar, que assumissem a responsabilidade civil e criminal por qualquer acidente que ai acontecesse. Talvez aí pudéssemos confirmar se todas estas certezas e essa confiança, são tão reais como nos querem fazer crer. É que depois de acontecerem as desgraças é vê-los todos a fugirem com o rabo à seringa e a lavarem as mãos das responsabilidades, para a culpa a morrer, como sempre, solteira.

Contributo para o Echelon: 15kg, DUVDEVAN

10 comentários:

  1. Contribuinte26/4/07 01:10

    Como percebo de engenharia de túneis tanto quanto percebo de helicicultura, vou tomar a liberdade de fazer uma menção especial a Ricardo Sá Fernandes.
    Para este senhor o túnel foi uma rampa de lançamento, paga com o dinheiro dos contribuintes, e que agora continua a empalar, com o tachito que arranjou na Câmara à beira do Carmona.
    Devia ser possível estender a responsabilidade civil e criminal que o KAOS sugere a esta criatura. Pelo meu lado tentaria tirar a desforra de um Sábado inesquecível que passei nas Amoreiras, com as minhas gémeas a berrar mais de duas horas com fome e as fraldas sujas, no banco de trás do carro, empandeirado no meio de um engarrafamento que este senhor provocou, e que se estendeu por muitos meses.
    Depois devia-lhe ser instalado um limitador electrónico de velocidade no pópó, para garantir que se desloca a 30 km/h no trânsito de Lisboa.
    Para a justiça ser completa, esta besta (no sentido queirósiano do termo) teria de passar a residir em Massamá, ter os filhos numa Primária no Cacém, e a trabalhar na Estrela.
    Este gajo consegue o feito extraordinário de quase que me fazer esquecer o Socas...
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. CHIÇA! QUEM LÁ NÃO ENTRA SOU EU!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Olá bom dia Kaos.
    XIIIIIIIII , o que eu fui perdendo...
    Ou seja não perdi nada , porque estrume a gente nunca perde ,faz sempre mais pelo menos todos os dias,..eh eh eh eh
    Já pus a leitura em dia e a partir de hoje tou novamente on line para os amigos .
    Beijão grande

    ResponderEliminar
  4. Contribuinte:
    Felizmente não tenho de passar por ali todos os dias. Os meus engarrafamentos são outros. Mas, independentemente dos problemas que possa ter causado o Sá Fernades têm a vantagem de dizer aquilo que muitas vezes tem de ser dito. basta ver o caso do suborno na CML. Faz falta haver lá um homem assim. Desta vez não estamos de acordo.
    abraço

    ResponderEliminar
  5. JPG:
    Felizmente as minhas rotas também são outras.
    abraço

    ResponderEliminar
  6. laurentina:
    Bem vinda aqui ao mundo dos que não andaram a divertir-se em lua-de mel. Espero que tudo tenha corrido bem e estou contente de te saber de volta. É sempre bom "ouvir-te" por aqui.
    bjs e um abraço ao felizardo

    ResponderEliminar
  7. Pois, como sempre. O mínimo é ficar o estado com as culpas. O Povo gosta. Tou pra ver o dia em que se mete um gajo na cadeia por ser o responsável máximo dos destinos de uma nação pra lá de moribunda.
    Todos acabam com tratamento VIP.

    Bj

    ResponderEliminar
  8. Contribuinte26/4/07 15:08

    kaos,
    quem mantem este magnifíco blog ganhou por mérito próprio a minha atenção para ler que o RSF faz falta na CML (ou em qlqr Cmra).
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  9. Cris:
    Mesmo quando dizem que põem as mãos no lume por uma coisa, se corre mal nunca se queimam. Deve ser algum feitiço
    bjs

    ResponderEliminar
  10. Contribuinte:
    Obrigado
    abraço

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo