quarta-feira, junho 27, 2007

Joe "King" Berardo

Até há uns tempos atrás, um tal de Berardo era um ilustre desconhecido da maioria dos portugueses. O “Joe” para os amigos, foi para a Africa do Sul, comprou uma mina dada como esgotada e teve tanta sorte que de lá “brotaram” diamantes em cascata. Ficou podre de rico. Foi tanto o dinheiro que resolveu investir em arte. Não entendia nada do assunto, tendo mesmo comprado em Paris um “poster” da Mona Lisa pensando que estava a comprar o original, mas quem tem dinheiro compra. Com isso ao fim de algum tempo tinha uma enorme colecção com obras dos maiores artistas. Claro que nem tudo é bom, mas no meio de tanta coisa há algumas autenticas preciosidades. Sem saber o que lhe fazer resolveu que o CCB era o lugar indicado para a guardar. Um excelente negócio, já que o estado ficou comprometido a aumentar-lhe a colecção, (só este ano são 3 milhões oferecidos pelo Ministério da Cultura) ficando com o direito de compra, ao fim de 10 anos, por uns míseros 300 e tal milhões de euros. Como o dinheiro é coisa que não lhe falta, também a especulação bolsista lhe tem sorrido. Lixou a OPA sobre a PT ao Belmiro, (terá ganho para ai 50 milhões só nessa noite), lixou o Jardim Gonçalves no BCP e, embora isto o fosse fazendo mais rico a cada hora que passa ainda não lhe dava o estatuto que desejava. Como sempre, foi o futebol a pô-lo na primeira página de todos os jornais. Uma OPA sobre o Benfica. Era só para ajudar o Clube do seu coração, chamou velho ao Rui Costa e avançou com a ideia do “Banco do Benfica”. Não houve televisão onde não fosse e revista que não fizesse capa com a história da sua vida.
Ontem inaugurou a exposição da sua colecção no CCB, com grande alarido, Primeiro-ministro e um enorme show mediático. Só na primeira noite 12 mil visitantes. Mas, nem passadas 24 horas e já exige e demissão de Mega Ferreira, Presidente da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea - Colecção Berardo, por “Mega Ferreira é uma pessoa que não tem a alma numa instituição como esta”. “Dei-lhe esse lugar mas vou pedir que saia desse posto”. E tudo isto por causa de umas bandeiras. Mega Ferreira já referiu já ter pedido a demissão. Incompreensivelmente, mas sobretudo burgessamente, o “Joe” acabou a questionar a saúde mental do Mega Ferreira.
Não sei porquê, mas já estou a ficar farto deste homem da moda. Será que ele pensa que é o dono deste país ou simplesmente Rei?

Contribuição para o Echelon: Kwajalein, LHI


44 comentários:

  1. Será que também este, apesar de não ser "O Gordo" também se vai voltar para a plateia a gritar:
    "Qué queu sou, qué queu sou, qué queu sou?..."
    Esperando a resposta em coro:
    "Sois rei, sois rei, sois rei!..."
    É que já vi referida esta frase a seu respeito - Em terra de cegos quem tem olho é rei.
    Cumps

    ResponderEliminar
  2. é os minutos de fama que todos temos direito...espero que acabem depressa.

    e a insistencia que ele é de familias humildes e o mega ferreira é de sangue azul é de bradar aos céus.

    este gajo é tipo elefante em loja de porcelana.

    ResponderEliminar
  3. Gostei do texto...define bem o que é o novo Rei...Eheheheh

    Levei-o para a minha caixa de comentarios no post sobre o Joe ;-)


    Bjs

    Sulista

    ResponderEliminar
  4. Caro Kaos: ele apenas se aproveita do facto de neste país nós todos não nos darmos ao respeito. Como tal burgessos como o senhor Berardo fazem e dizem o que querem.
    E ainda são aclamados.

    Sempre gostámos mais de cidadãos estrangeiros do que nacionais.Daí a idolatria com o senhor em questão que apenas nos trata como pacóvios.

    ResponderEliminar
  5. Como não existe uma secção especializada, aqui vai completamente descontextualizado: já repararam que o blog "Canhoto" do Peidroso está vazio ?

    Que significa esse facto ?

    ResponderEliminar
  6. Dinheiro poderá ter muito, mas educação não tem nenhuma. O homem mal sabe falar...

    Xi da Porca

    ResponderEliminar
  7. A todos os frequentadores:

    ... "Como não existe uma secção especializada, aqui vai completamente descontextualizado: já repararam que o blog "Canhoto" do Peidroso está vazio ?

    Que significa esse facto ?" ...

    O meu pedido de desculpas.

    Afinal a cloaca já está novamente disponível.

    Provavelmente estava a fazer um teste ao HIV.

    ResponderEliminar
  8. 1 - Será que a contratação do "Burgessio" para o plantel do Benfica tem alguma coisa a ver com a OPA do Berardo?

    2 - Será que a Paula Rego vai pintar-se a si mesma dentro de uma máquina de lavar, para aumentar a colecção do senhor no CCB?

    3 - Qual será o próximo tacho do Mega Ferreira?

    4 - Ninguém disse ao comendador que comprar um poster da Mona Lisa e não saber que não era o original é um motivo de extrema e absoluta vergonha para o " " " " mecenas " " " " da maior colecçao de arte contemporânea do país?

    ResponderEliminar
  9. essa da Paula Rego dentro da máquina de lavar, com o Berardo a olhar como se tivesse a adorar a cena, era aliás uma óptima, óptima ideia para uma das tuas imagens, kaos :D

    ResponderEliminar
  10. Ei, vocês ainda não perceberam, foi um amigo que me chamou à atenção, o homem é um ET, uma espécie de GI Joe. Já viram como ele fala? Aquilo não é português, é alienígena... :P

    ResponderEliminar
  11. Anti-Grunhos27/6/07 13:51

    Isto é um pais de parolos, de imbecis.Alguém acredita que as visitas eram para apreciar a "arte" exposta?
    Aquilo era tudo para tentar aparecer em alguma foto junto com a Lili ou o Conde. Com um bocado de sorte até podia aparecer ao lado da Cinha ou do panasca Gôcha.
    Foi tudo atrás do cor-de-rosa.
    Apreciadores de arte?
    Deixa-me rir.
    Só num país de papalvos governado por ainda maiores papalvos, se dá a impotância que se dá a um grunho daqueles.
    o Tuga da Arte! O Rei dos Tugas!

    ResponderEliminar
  12. Guardião:
    O homem nem sabe falar. Triste país que se pode imaginar a ter um rei assim.
    abraço

    ResponderEliminar
  13. Francis:
    Eu das familias deles não sei nada, mas que é triste ver alguém a falar como fala só porque pensa que o dinheiro compra tudo é repulsivo.
    abraço

    ResponderEliminar
  14. Pedro Silva:
    É a idolatria ao dinheiro. Esta gente vende-se barato.
    abraço

    ResponderEliminar
  15. o curioso:
    Não tinha reparado. Alguma ideia do porquê?
    abraço

    ResponderEliminar
  16. Porca da Vila:
    Exactamente como dizes. Faz pena de ouvir ( e ver também).
    bjs

    ResponderEliminar
  17. o curioso:
    Assunto esclarecido.
    abraço

    ResponderEliminar
  18. Paxaxa:
    Quatro perguntas mas só uma resposta: Tudo isto são vergonhas para o país, mas já vamos ficando habituados.
    abraço

    ResponderEliminar
  19. Paxaxa:
    É uma ideia e consigo imaginar a imagem. Vamos ver se a consigo fazer.
    abraço

    ResponderEliminar
  20. Célia:
    Talvez tenhas descoberto o fundo do problema. Falta é saber como o resolver, ou seja, como o calar.
    bjs

    ResponderEliminar
  21. que querem ? ele compra ao kilo...

    ResponderEliminar
  22. anti-grunhos:
    Já sabemos que nestas coisas vai logo tudo a correr para poder dizer. - Eu já lá fui. Então se é de borla é ai jesus.
    Mas grave mesmo é como aceitamos que grunhos, só por terem dinheiro, possam ter tanto tempo de antena.
    abraço

    ResponderEliminar
  23. Carneiro:
    Deviam exigir, no minimo, bom gosto a quem compra arte. É uma dor de alma vê-la transformada só em negócio.
    abraço

    ResponderEliminar
  24. Kaos, votei neste blogue para uma das 7 maravilhas da blogosfera! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  25. Pipinha:
    O meu muito obrigado pela nomeação. Merecendo-a ou não sabe sempre bem
    bjs

    ResponderEliminar
  26. Porque será que os portugueses destestam as pessoas de sucesso e anseiam vê-los cair? Será inveja ou pobreza de espírito o que condiciona esta atitude?

    ResponderEliminar
  27. Anónimo:
    Nada tenho contra o sucesso, mas quem ouviu este homem falar ontem na televisão não pode deixar de pensar que neste país todos e tudo está à venda.

    ResponderEliminar
  28. sarcástico27/6/07 19:22

    Dinheiro vs sensibilidade artística.

    Quantidade vs qualidade.

    Arrogância vs competência.

    Lembro um comendador que, em tempos, durante o seu mandato como presidente da Câmara fez, para os meios de comunicação social, um discurso no qual se propunha «acabar com os toxi-independentes»!

    É por isso que os Antónios Damásios, Eduardos Lourenços e Josés Saramagos deste país zarpam a grande velocidade!É que para eles não há pachorra!

    Razão tinha Almada Negreiros no seu «Manifesto Anti-Dantas»!

    abraço

    ResponderEliminar
  29. Kaos, recuso-me a acreditar que tudo e todos estejam à venda, mas que ele vai comprar a alma de muitos, ah, vai, vai. Abraço.

    ResponderEliminar
  30. É burgesso, simplesmente.

    E quanto ao SUCESSO... que é isso, anónimo? O homem é rico, certo. Mas não há mais nenhuma qualidade que seja necessária ao ser humano? Basta o dinheiro?
    Ok: então há poucos seres humanos... acabo de ver explicado um dos grandes mistérios da vida!

    ResponderEliminar
  31. Não gosto do homem, não pelo seu sucesso mas pela sua arrogância e outros atributos de que não sou, particularmente, apreciador.
    Contudo, não acho que o homem tenha culpa de "aparecer" em tudo o que é notícia televisionada: segundo a minha opinião, a culpa vai "todinha" para a "grande qualidade" da imprensa que informa este país governado por sobas e a quem os ilustres jornalistas devem obediência ... vá-se lá saber porquê ... ?
    Mal vai o país que, governado pela incompetência, publicita como grandes feitos o que há de mais insignificante e ridículo e pobre comunicação social que noticia tais acontecimentos !

    o excrente

    ResponderEliminar
  32. Sarcástico:
    Será que quem pensa neste país terá de o abandonar? Infelizmente +arece ser isso que nos dizem
    abraço

    ResponderEliminar
  33. anonimo:
    Falta saber que almas vão resistir. A Sócretina já lá anda a babar-se
    abraço

    ResponderEliminar
  34. bianca castafiore:
    Tens toda a razão. O dinheiro não compra muito daquilo que nos tranforma em seres humanos. Burgesso é o termo certo
    bjs

    ResponderEliminar
  35. excrente:
    A comunicação social só tem culpa de se deixar levar na onda que o burgesso criou. Só mesmo o dinheiro justifica o que se passa.
    abraço

    ResponderEliminar
  36. Henry Pote28/6/07 00:31

    Essa de medir o sucesso apenas pelo dinheiro tem a sua graça. Então, por analogia, os pulhas, os mafiosos, os camorras, os ladrões, os traficantes e toda a escumalha parasitária que habita o planeta, pode ser classificada como gente de sucesso desde que acumulem dinheiro, ainda que de forma ilícita ou pouco transparente. Será essa a condição necessária e suficiente? Não entram na avaliação do sucesso os valores éticos e morais?

    ResponderEliminar
  37. lixou a OPA do Belmiro
    só os cegos é que não viram
    só os surdos é que não ouviram
    só os manetas... etc

    ResponderEliminar
  38. outro rei que vai nu. Andam todos em plena época balneária. Tudo nu. ca nojo.

    bj

    ResponderEliminar
  39. ...foi ele que comprou o poster MONAVAZIA? Bem haja! VIVAM OS MADEIRENSES COM DINHEIRO QUE É COISA QUE FALTA EM TODO O LADO ASSIM COMO O PETRÓLEO!
    Guerra não, obrigado!
    HUGH

    ResponderEliminar
  40. Aquela galeria está prevista para ser uma SCUD durante 10 anos.
    Da-se!!!!

    ResponderEliminar
  41. Bianca Castafiore, se conhecesse Joe Berardo pessoalmente certamente teria outra opinião. Foram outras qualidades que lhe trouxeram este dinheiro todo. Vamos ser justos e dar "a César o que é de César".

    ResponderEliminar
  42. Henry Pote,o sucesso não se mede pelo dinheiro que se possui, mas pelo percurso feito para adquiri-lo. Certamente que quem ganha o Euromilhões não é uma pessoa de sucesso, mas com sorte. Não confunda o que eu quis dizer e não se esqueça que um dos grandes defeitos do povo português é a inveja, por isso, diz o povo que "o invejoso nunca logrou, nem quem ao pé dele morou".

    ResponderEliminar
  43. Não percebo como é que uma pessoa como o "Joe" que vem de baixa condição e teve a fortuna a sorrir-lhe se transforma em tamanho bronco. Será inveja? ou será que qualquer proletário que tenha sorte na vida está condenado a transformar-se num qualquer "Joe"?... Quem fazia bem eram os sovietes que para prevenir que os "Joes" aparecessem, se encarregavam de manter o povo muito bem educadinho e de rédea curta. Afinal não há nada pior que um proletário se transformar num maldito burguês...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo