sexta-feira, junho 29, 2007

Não passarão

Não desesperes, Mãe!
O último triunfo é interdito
Aos heróis que não o são.
Lembra-te do teu grito:
Não passarão!

Não passarão!
Só mesmo se parasse o coração
Que te bate no peito.
Só mesmo se pudesse haver sentido
Entre o sangue vertido
E o sonho desfeito.
Só mesmo se a raiz bebesse em lodo
De traição e de crime.
Só mesmo se não fosse o mudo todo
Que na tua tragédia se redime

Não passarão!
Arde a seara, mas dum simples grão
Nasce o trigal de novo.
Morrem filhos e filhas da nação,
Não morre um povo!

Não passarão!
Seja qual for a fúria da agressão,
As forças que te querem jugular
Não poderão passar
Sobre a dor infinita desse não
Que a terra inteira ouviu
E repetiu:
Não passarão!



Deparei com este poema do Miguel Torga, há dois ou três dias num blog que visitei. Copiei o poema porque pensei fazer um post, mas com outros assuntos a distraírem-me acabei por não me lembrar do nome do blog de onde o roubei. As minhas desculpas.

Contributo para o Echelon: spies, IWO, eavesdropping

12 comentários:

  1. sarcástico29/6/07 19:25

    kaos:
    nada melhor que um poema como resposta a outro:

    O TANQUE

    O vosso tanque general
    é um carro forte
    derruba uma floresta esmaga cem
    homens,
    mas tem um defeito
    precisa de um motorista.
    O vosso bombardeiro, general
    é poderoso:
    voa mais depressa que a tempestade
    e transporta mais carga que um elefante
    mas tem um defeito
    precisa de um piloto.
    O homem, meu general, é muito útil:
    sabe voar, e sabe matar
    mas tem um defeito
    sabe pensar.

    Bertold Brecht

    ResponderEliminar
  2. Lindos ambos. :) Que a corja caia e os homens de verdade tomem o rumo e as rédeas de um povo a sufocar.

    bj

    ResponderEliminar
  3. Kaos,

    tens uma nomeação aqui:
    http://bodegacultural.blogspot.com/

    Abraço
    Tiago

    ResponderEliminar
  4. Sarcastico:
    Obrigado por esse poema. Penso que o vou publicar porque tenho a imagem certa para ele.
    abraço

    ResponderEliminar
  5. Acho importante divulgar:

    delação institucionalizada com todos os suportes à sua disposição!

    Vi aqui

    http://citadino.blogspot.com/2007/06/scrates-um-curto-passo-entre-o-neo.html

    e já coloquei aqui

    http://professorsemquadro.blogspot.com/2007/06/para-pensar-repensar-e-passar.html


    atenção à ultima parte!

    ResponderEliminar
  6. Cris:
    Esperemos que esse dia chegue
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Tiago:
    O meu muito obrigado por me considerares merecedor de tal prémio. É uma honra.
    abraço

    ResponderEliminar
  8. Maria Lisboa:
    O que ali está é gravissimo. Há que mostrar a todo. Obrigado
    bjs

    ResponderEliminar
  9. Olá!
    Nomei-te para o "7 Maravilhas da Blogoesfera" (mais uma, eu sei... lol)
    Abraço
    RV

    ResponderEliminar
  10. Raposa Velha:
    Só tenho mesmo é que agradecer a honra que me vão dando. É com o ego muito mais carregado e com muito mais vontade de continuar que te digo muito obrigado
    abraço

    ResponderEliminar
  11. Não passarão do Verão.

    ResponderEliminar
  12. anónimo:
    Passarão sim, primeiro os tubarões do PSD têm de ocupar os seus lugares no partido. Pelo menos mais um ano.
    abraço

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo