domingo, julho 22, 2007

Politica de natalidade

O Primeiro-ministro anunciou ontem no debate do estado da nação novos incentivos à natalidade. Espero que não seja para parirem mais gente desta.

Contribuição para o Echelon: NATOA, sneakers, UXO

16 comentários:

  1. O que vão pagar não vai dar para coisa melhor ;)

    ResponderEliminar
  2. ...que os pariu a eles.
    Kaos, eu sei que não tens muito tempo e penso mesmo que estás de férias mas ficaria muito contente se passasses lá pelo meu sítio onde está um desafio para ti.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. que incentivos é que planeiam dar?
    pagam a viagem para as senhoras poderem ter os seus filhos...na visinha Espanha?
    sim, porque á razia que houve nas materninades...

    ResponderEliminar
  4. É que não nos convém mesmo nada que isso aconteça, já nos bastam estes.

    ResponderEliminar
  5. Das ideias das quais estão grávidos
    apenas conseguirão parir... nados-mortos... :(

    ResponderEliminar
  6. Olá, Kaos.
    Desculpe-me a “boleia”.
    Ao dar a minha volta pelos “meus” blogs, e não me lembrando de ter hibernado - mas, da forma como isto anda, já não estranho que até de tal me esqueça - eis senão quando descubro que a “Sinistra Ministra” desapareceu!
    Alguém sabe porquê?
    Será que começaremos todos a desistir?
    Obrigada e um abraço
    Maria

    ResponderEliminar
  7. Kaos: estás cada vez mais deliciosamente venenoso! Então e a petição, pá? Estou a ver a "coisa" a aproximar-se a passos largos e vamos ter que engolir...

    ResponderEliminar
  8. Não são os filhos das putas que são nefastos são os filhos das governantas.
    Ai estão elas grávidas.

    ResponderEliminar
  9. sarcástico22/7/07 13:36

    Incentivos à natalidade? Como poderá isso ser, se as funcionárias públcas (e não só) são penalizadas na progressão na carreira por ficarem os 4 meses de lei com os seus filhos? Quem viaja em comboios suburbanos às 7h da manhã vê alguns pais, debaixo de chuva, levando os seus rebentos de meses, imagino que para creches na capital onde trabalham.
    Quantas creches do Estado existem no país? Quantas empresas (estatais e privadas) oferecem um local para as crianças serem condignamente acompanhadas durante o horário laboral dos seus progenitores? Saberão estes senhores que, em alguns locais, antes de as crianças nascerem já os pais os inscrevem em jardins de infância para terem direito a vaga??? Será que pretendem reabrir as inúmeras escolas oficiais fechadas por esse país fora estando, neste momento, as crianças do 1º ciclo a deslocarem-se para estabelecimentos de ensino a 15 e mais km de casa???
    «Está algo de podre no reino da Portugalândia»...

    ResponderEliminar
  10. Se eles parissem de facto... se fizessem a mais pequena ideia do acto tão grandioso e valioso que é... se soubessem o que é amar e bem querer incondicionalmente... seriam melhores pessoas de certo e melhores governantes

    ResponderEliminar
  11. vim dizer-te que "roubei" a foto, mas, juro que fiz bom uso dela...

    ResponderEliminar
  12. esses crescem como so ratos. Não precisam de incentivos

    ahahahahahaha
    jinho

    ResponderEliminar
  13. Puta que os pariu, não! Putas que eles parem! Então enquanto prometem umas chupetas aos bebés seveciam as mães que faltam ao emprego pelo pequeníssimo crime de serem mães?!
    Também vou levar esta imagem para o meu quintal - obrigado Kaos - é mais fácil roubar uma imagem do que escrever os que nos vai na alma... ou na líbido para ser mais natal!

    ResponderEliminar
  14. Não há problema... É a Teoria da Variável vezes Zero. O resultado é sempre Zero.

    Xi da Porca

    ResponderEliminar
  15. Açoreana24/7/07 13:53

    E assim pensam aquelas cabeças de merda, tal como aquelas barrigas, grávidas mas de merda. Primeiro fecham-se escolas e maternidades, não se criam creches e depois é que vêm os incentivos de natalidade. Quando é que esta gente deixa de pensar que o povo é e continua a ser parvo?

    Apesar de tudo, são muito fotogénicas, a Nanda C, a Lola do Conde Redondo e a Catarina da Nova (ou da Moderna? :-) )

    ResponderEliminar