segunda-feira, outubro 29, 2007

Hipocrisia

HipocritasAndávamos nós tão preocupados por um Banco privado ter feito empréstimos a familiares de administradores desse banco, que nem sei o que pensar agora que se soube que o Banco de Portugal, aquele que deve regular toda a actividade bancária, concede empréstimos aos seus administradores. Não sei qual a taxa de juro, o “spread” nem as comissões que lhes cobram, mas estou certo que o tão consciencioso Vítor Constâncio, homem tão preocupado em que os outros não sejam aumentados mesmo auferindo ele ordenados e reformas milionárias, nos poderá informar. Ou será que como fez o Ministro das Finanças nos virá dizer que na lei não há nada que o proíba? Ou será que mais uma vez vai colocar a hipocrisia à frente da moral e da decência? Honestamente somos mesmo um povo de brandíssimos costumes ou esta gente já tinha sido toda defenestrada, corrida a pontapé e atirada ao Rio. É que vontade não me falta.

PS: Para lerem mais sobre o assunto podem ir ao blog “O Jumento” onde existe um bom texto sobre o assunto [Aqui].

Contribuição para o Echelon: NATOA, sneakers, UXO

8 comentários:

  1. Quem utiliza computadores, de certeza já se deparou com software manhoso, que não faz nada do que era suposto fazer, e quando o tentamos desinstalar é o cabo das tormentas, ficam sempre restos no registo, ligações nos items de arranque. Nalguns casos paga-se caro o erro cometido, é preciso formatar o disco e dá muito trabalho fazer backups. Mais aborrecido ainda é quando estes programas se instalam contra a nossa vontade, quer pela net, quer por ficheiros que os transportam.

    Hugh

    ResponderEliminar
  2. kaos, n�o acha que o rio j� est� bastante conspurcado?

    ResponderEliminar
  3. Os trabalhos do Vitinho

    Hoje apareceu por aí uma sondagem, daquelas do costume, completamente manipulada pelo teor das perguntas e pela propaganda afanosamente difundida sobre o assunto.

    Na dita sondagem, questionava-se uma amostra de portugueses sobre onde se trabalharia mais eficientemente e o que era mais bem gerido, se a Administração Pública ou as empresas privadas. Ao que 75% da amostra respondeu que sim senhor, eram as privadas bem melhores. Curioso foi notar que, lá bem enterrado nos dados da amostra, aparecia um dado desconcertante: os gestores respondiam de forma diferente da generalidade dos portugueses, dizendo maioritamente que a Administração pública e as empresas privadas são geridos da mesma forma.

    O que não será muito abonatório para a Administração Pública, diga-se já de passagem. Da última vez que me meti a comprar um carro fiz um leasing naquele eficientíssimo banco português que dá borlas ao filho do patrão. Pois estive um mês e tal à espera que depachassem a papelada, eu e o concessionário. Explicou-me o gestor de leasing do banco que não tinham que se esforçar porque quem precisava do dinheiro eram os tipos do stand. (Suponho que eu, sendo ainda mais insignificante que o concessionário, o comentário ainda se aplica com mais força). Quanto a taxas e comissões, aí o banco ferra o dente de uma maneira, que não vos digo nada...

    Enfim, isto da propaganda oficial tem os seus quês. E o Vítor Constâncio, como guardião que é da boas práticas do sistema financeiro, podia talvez fazer-nos um favor a todos e obrigar os bancos a serem mais eficientes, bem como a não cobrarem taxas com tamanha desmesura. São dois trabalhos que aqui deixo para o nosso Vitinho...

    ResponderEliminar
  4. Não sei se me ria, se "chore"...
    Porque é que aqueles merdas que mataram um pobre coitado na Covilhã, deixando-o amarrado toda a noite, não desceram cá abaixo à capital e não limparam 3 ou 4 porcos como o Constâncio?

    ResponderEliminar
  5. Eles defenestrados.
    Nós, somos empalados por eles, todos os dias.
    Assim, não há cu que aguente!

    ResponderEliminar
  6. E que tal umas FP´s 25 para animar a malta e dar cabo destes coirões, como os Constâncios, os Sócrates, os Barrosos, os Sonaes, os BCP´s, os BPI´s, os Berardos e outros da vida?

    ResponderEliminar
  7. Perfeitamente de acordo com o Sr. Anónimo das 0:39.
    E com o das 21.11. É uma excelente opção.

    ;)

    ResponderEliminar
  8. Subscrevo a INHA.

    1 Abraço!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo