sexta-feira, outubro 26, 2007

O Tratado

A Yalta Europeia

No post abaixo o amigo ruy do blog “Classe Politica” fez este comentário que resolvi reproduzir na integra.

Pois é Kaos, para estes iluminados os povos são cada vez mais um estorvo às suas "brilhantes" ideias.
Estamos a ser governados por uma super estrutura, fria, calculista, cada vez mais insensível às dificuldades sociais e ao serviço de obscuros interesses multinacionais. Ao serviço de uma economia monopolista, globalizante e imperialista que tudo arrasa na sua ganância. Uma Europa com Blairs, Javier Solanas, Sarkozys, Prodis, Ângela Merkels, Barrosos, Sócrates e outros que tais, com uma economia onde as únicas regras são as regras dos monopólios e onde os povos não contam e serão mesmo para estes senhores, um estorvo, (veja-se os seus esforços para não referendarem o tratado europeu). Onde, os funcionários públicos são considerados uns mandriões e incompetentes, em especial os professores, os enfermeiros, médicos, juízes, polícias e magistrados; os reformados e deficientes a quem é preciso reduzir os vencimentos e pensões com novos aumentos de IRS e que assim constituem um peso para o Estado; as mães que continuam umas contestatárias ao recusarem os nascimentos nas ambulâncias assistidas por bombeiros; os velhos doentes que protestam contra o encerramento dos Centros de Saúde ali à porta; os trabalhadores em geral culpados da baixa produtividade da economia nacional.
Para estes senhores, todos nós constituímos um estorvo às suas grandes “ideias” do “desenvolvimento” europeu. Até quando?

Contributo para o Echelon: spies, IWO, eavesdropping

11 comentários:

  1. Mas tristemente são esses mesmos professores, médicos, velhos doentes, etc. que continuam sistemáticamente a pô-los no sitio onde estam.
    Curiosamente numa sondagem realizada há bem pouco tempo o PS surge como vencedor das eleições (caso estas se realizassem agora)com 42% de votos.
    Não é uma contradição?
    Saudações do Marreta.

    ResponderEliminar
  2. Boas amigos ,

    Tenho cá a sensação que isto qualquer dia rebenta e rebenta a sério . Esta corja empurranos para uma situação que breve ,breve vai levar ao desespero de muita gente ,e quando as pessoas estão desesperadas é conhecido as consequências que isso acarreta .
    Gostaria muito que não chegasse a esse ponto ,mas começa a haver sinais .

    Um Abraço
    JOY

    ResponderEliminar
  3. Na versão original, Churchill, Roosevelt e Estaline. O Sarkosi/Estaline está 5 estrelas!!!

    ResponderEliminar
  4. Um comentarista político bem conhecido refere-se a PS, PSD e CDS como os partidos do "arco do poder". Ora, com tal "arco do poder" grudado ao parlamento como lapa, isto já não vai lá com eleições.

    Como se vê, os partidos que monopolizam a governação (os tais do "arco do poder") defendem exactamente as mesmas políticas. Logo, a República funciona à 31 anos como um sistema de partido único travestido em democracia. O Saramago tem razão no Ensaio Sobre a Lucidez. Como formalmente somos uma democracia, é fácil para o povo derrubar o "arco do poder". É só passar do protestar para o fazer.

    É dizer à malta que têm ainda menos coluna vertebral que os políticos se, na altura do voto, continuarem a pôr lá os mesmos gajos de que andam sempre a protestar. Como canta o Zeca: "O que faz falta é avisar a malta, o que faz falta/ O que faz falta é acordar a malta, o que faz falta..."

    ResponderEliminar
  5. sarcástico26/10/07 15:48

    Este sentimento de sermos bonecos manipuláveis nas mãos desta gentalha sequiosa de poder em nada contribui para o nosso sentimento de pertença a um país, depois apregoa-se que somos um povo muito pessimista. Pateticamente continuamos (continuam?) a ostentar a bandeira dos Descobrimentos como se o mundo, para nós, tivesse parado há quase 600 anos... o sermos estorvo é consoante as necessidades maiores ou menores de combate ao défice que parece ser actualmente o lema , ou será slogan, ostentado por este executivo.Fraca nação cujo motor é o conceito de défice. Fico grato a quem me indicar os meios efectivos para que possamos sair deste marasmo.

    ResponderEliminar
  6. :))))

    Se este "novo Estaline" está fantástico, então a "Churchill" é a ironia itself... o tempora, o mores...

    ResponderEliminar
  7. Excepcional foto de família
    muito semelhante à da Máfia
    num encontro com a vigília
    dos agentes de La Guardia

    ResponderEliminar
  8. Magnífica montagem- dei-me agora conta, desta vez com toda a força da clara evidência que, entre outros que em vez de cara tem máscara, o Gordon Brown tem cá uma destas trombas...pura máscara.

    Abraço,

    Miguel

    ResponderEliminar
  9. O Roosevelt é que ficou, a modos que, coitado... depois de uma lobotomia destas...

    ResponderEliminar
  10. Resumindo~:

    estamos destratados!

    ResponderEliminar
  11. Se não tivesse visto isto na TV eu diria que era mentira :

    http://www.youtube.com/watch?v=e9K9RxX_ecQ

    Sócrates deixa o ministro Luís Amado de mão estendida e vira-lhe as costas.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo