segunda-feira, julho 28, 2008

O anjo caido

Corrupção

«João Cravinho lançou, duras críticas às medidas tomadas contra a corrupção, como resposta às suas propostas, que o PS rejeitou, e alertou que a grande corrupção e o crime estão a aumentar. O ex-ministro das Obras públicas de António Guterres, reconhece que o Simplex é muito positivo no combate à pequena corrupção, mas, lamenta, «na grande corrupção de Estado, toda a gente tem a sensação que estamos numa situação muito complicada e em crescendo». E porquê? Cravinho explica: «Porque a grande corrupção considera-se impune e age em conformidade e atinge áreas de funcionamento do Estado».
No entanto, apesar do retrato que faz do campo de batalha com a grande corrupção a ganhar terreno, ressalva que fica a luta travada: "é uma derrota como um soldado que (se combateu) não teve a culpa".
O autor de um pacote legislativo sobre corrupção, (que foi chumbado pelo PS e PSD) deixou no Parlamento para em Londres assumir a direcção do Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento»

João Cravinho é um homem derrotado pelo sistema, um “soldado” que perdeu a batalha, não por ter sido atingido com uma bala mas neste caso por uma bela cadeira num Banco em Londres. Seja como for não deixou de colocar o dedo na ferida e de dizer em voz alta aquilo que por cá muitos parecem ter medo ou vontade de dizer até em surdina. Vivemos no reino da corrupção, da corrupção feita ao mais alto nível, à corrupção do próprio poder legislativo que tudo faz para criar as condições para políticos, ricos e poderosos. Vivem na impunidade de leis que mais parecem queijos suíços, tantos são os buracos por onde podem fugir. Filhos da puta que desgraçam este país e nos condenam a sermos os mais pobres da Europa, que usam os recursos do país em proveito próprio. Faz bem o Cravinho em denunciar esta situação, mas melhor seria que não se tivesse vendido, ficado em Portugal e tivesse colocado nomes próprios (e de família) naqueles que usam a corrupção como forma de vida.

Contribuição para o Echelon: Kwajalein, LHI

10 comentários:

  1. Foi transformado em pedra, com as lentes intactas. Quando acordar poderá ler o que se passa depois de 4 anos e meio de sono profundo. Antes dormir que ser morto-vivo. ááááá!

    ResponderEliminar
  2. Fala-se, fala-se, mas nada se faz.

    PALAVROSSAVRVS REX

    ResponderEliminar
  3. A grande corrupção existe desde a implantação desta maldita república, em 1910, este sistema maldito que só favorece os corruptos.

    ResponderEliminar
  4. royal alchemist:
    Quem te oiça até pode pensar que na Monarquia não havia corrupção. Se havia menos era também porque havia uma classe que vivia na impunidade do berço onde nasciam. O mal não está na Republica mas sim na voragem da ganancia pelo dinheiro e poder.

    ResponderEliminar
  5. Também abordei esta questão e os grandes corruptos só não estão na cadeia porque os investigadores e a justiça não o querem. Todos quantos apresentam sinais exteriores de riqueza e exercem ou exerceram cargos públicos e não conseguem justificar com as remunerações recebidas terem chegado a tal patamar, deveriam ser condenados por venderem cabritos sem possuírem qualquer rebanho de cabras. Mas como estão protegidos pelos sigilos e pelo próprio sistema judicial que é permissivo, vão continuar a haver derrapagens de 288% e maiores percentagens em Obras Públicas.

    ResponderEliminar
  6. O sistema judicial tem as costas largas. Costuma levar com as culpas todas.

    Mas quem faz as leis não são os juízes. São indivíduos sem escrúpulos como o Sócrates e os seus comparsas.

    O que terá ele para esconder, além do que já se sabe, para tentar bloquear o combate à corrupção?

    ResponderEliminar
  7. Imagem belíssima ... não fosse o assunto que ilustra tão lamentavelmenet triste!
    que raio de país de cloaca o nosso!
    nat

    ResponderEliminar
  8. Concordo com tudo o que disse,e admiro a vimência com que escreve e se indigna contra a corrupção.Mora um lobo dentro de si pode se dizer.
    No entanto é sempre bom tarde do que nunca,e embora ele tenha errado anteriormente agora pos o dedo na ferida como disse,e aquilo que nos temos que fazer é nao cairmos na tentação de dividir baterias da nossa luta,e canalizar mo las para os corruptos,aquele que anteriormente nao lutarem contra ela e agora vao lutando perdoemos lhes,e beneficiemos deles pois tem o previlegio de passar a mesnagem para as massas pelo estatuto que têm.
    Abraço camarada

    ResponderEliminar
  9. Cravinho o expert das SCUTs armado em expert sobre corrupção. Numa coisa estaremos de acordo: lá pelo partido dele (e acho que continua a ser) não falta matéria para investigação, vamos a ver é se não sai nada à «casa»...

    ResponderEliminar
  10. Tino:
    Não haja confusões, corruptos estão em todo o lado e não só no PS. Basta ver os governos do PSD e do CDS para a encontrar ao mais alto nível. Onde há dinheiro há corruptos, onde entra o capitalismo reina a roubalheira.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo