sexta-feira, agosto 29, 2008

A Festa do Crime violento

A Festa da Segurança

Depois de todo o folclore mediático de Agosto, este ano dedicado ao “Crime violento”, o mês aproxima-se do fim, terminam as férias, as nossas e a dos responsáveis pelo estado da sociedade em que vivemos. Uns para acusarem os que lá estão agora, como se fossem inocentes na mentira, outros para apresentar as soluções milagrosas que vão acabar com o crime. Uma grande festa em hora nobre, em que todos somos convidados. Discursos dos responsáveis acompanhados por imagens de operações policiais de encher o olho com todas as policias na rua para apreenderem um canivete e meia dúzia de condutores com uma cerveja a mais. Já me sinto muito mais seguro agora que acabou Agosto e os crimes vão sair dos cabeçalhos e voltar para as páginas interiores do Correio da manhã.
«
Pinto Monteiro justificou a sua posição pelo facto de haver um "hiper garantismo concedido aos arguidos que colide com o direito das vítimas, com o prestígio das instituições e dificulta e impede muitas vezes o combate eficaz à criminalidade complexa“».
Como o Estado é incapaz de reconhecer as suas culpas, passa-as para todos nós culpando os nossos direitos. Uma forma simples de reforçar o poder e de nos retirar um pouco mais da nossa liberdade como cidadãos.


Contributo para o Echelon: Electronic Surveillance, MI-17

6 comentários:

  1. E o director, ou secretário, ou lá o que é já foi escolhido.
    A nova pide está quase pronta. Com o chip no carrito, outro na porta de casa e um no pescoço, ficamos em total segurança.
    É da maneira que agora é que não fazemos mal a ninguém.

    ResponderEliminar
  2. Ainda hoje em reportagem televisiva uma avó indignada, comentava o espectáculo "diga-se ridículo" que as forças de segurança vão dando um pouco por vários bairros efectuando rusgas com um aparato como se os habitantes dos bairros fossem todos uma cambada de criminosos. Deplorável este tipo de exibicionismo que não tem nem desmotivado nem afastado os meliantes de continuar a assaltar, Bancos, ourivesarias, restaurantes, etc. etc.

    ResponderEliminar
  3. Eu só lamento:
    que as balas -perdidas/gastas- não atinjam esta gajada!!!
    Lamento de verdade!!!

    ResponderEliminar
  4. Contradições: Se tiveres uma bola de cristal para as Policias adivinharem quem são as pessoas de bem ou mal, oferece-lhes!
    Se fores minimamente informado, sabes que estas rusgas foram mandadas pelo governo e para a tv ver, não para obter resultados nem dissuadir nada. Apenas servem para desviar a atenção da incompetencia politica na segurança.
    Quanto a continuar o crime...de que adianta prender 30 ou 60 se nem um fica em prisão preventiva e eles (bandidagem) sabem perfeitamente disso?!?
    Geralmente as pessoas de bem que são dos bairros são favoraveis a estas intervenções policiais nos bairros e pedem mais, as que se põe em bicos dos pés para falar mal para a tv geralmente são traficantes, receptadoras ou vivem do produto do crime dos seus familiares...sei do que falo ou não trabalhasse num Tribunal!

    ResponderEliminar
  5. Trabalhas no teu tribunal interior, minha desgraçada. Se trabalhasses num tribunal, saberias que as "pessoas de bem" nunca são apanhadas, porque para continuarem a ser de "bem" é necessário que haja uns quantos a quem pagam para que façam as coisas de "mal", que lhes permitem, a eles, continuar a parecer... "de bem".

    Cuida-te, e volta ao piano.

    ResponderEliminar
  6. arrebenta cuzes30/8/08 20:53

    72.232.205.130, fofa tira o polvo. Não fizeste a depilação?
    Mostra a conita, ou és um traveca encartado?
    Gosto de lamber ratas, mostra a tua. A tua noção da realidade é muito inteligente, é como sexo oral à uma da tarde.
    Fofa vai fazer o que tu sabes, maravilhosamente bem, e deixa os comentários para quem percebe do assunto.
    Me liga vai?

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo