sexta-feira, setembro 26, 2008

A Nova Geração do Engenheiro

Sócrates side story

Afirmou o Engenheiro que "Estamos hoje a formar uma nova geração de portugueses". Não explicou é para quê, que pensa ele que virão a ser essa geração que já nem a dos 500 será. Será a dos jovens desempregados, sem perspectiva de vida, sem futuro.
Já foi discutido pelos donos do mundo que no futuro 80% da População estará no desemprego. Não pensem que este futuro é algo de tal abastança e felicidade que esses 80% não vão trabalhar porque não há necessidade, porque a abundância é tanta que todos viveremos num Allgarve eterno. O Futuro que preconizam está carregado de miséria, de rendimentos mínimos garantidos e alienação (Titsentreteinement), receita que pensam ser suficiente para evitar que os povos se revoltem. Isso e o trabalho voluntário como forma de nos fazerem sentir úteis, que o Sr. Silva tanto já vem apregoando. Até onde vamos nós deixar este capitalismo selvagem avançar?

Contribuição para o Echelon: Kwajalein, LHI

8 comentários:

  1. Recordo uma conversa com uns camaradas num jantar bastante informal no qual, referindo-nos a este assunto, afirmava-se que, "quando chegarmos a 40 ou 50% de desempregados o povo arrebita e faz uma revolução", até me pareceu positivo alimentar essa esperança mas, olhando para esse hipotético cenário como quem vê aquele filme de H. G. Wells - Viagem no tempo, penso que será dificil esse levantamento de uma massa hipnotizada, adormecida, comandada num cercado que só serve para manter os borregos da corja, para conservar disponível o sangue que os vampiros sugarão quando e como lhes convênha!

    ResponderEliminar
  2. O Engº falou em nova geração???? Nova, disse ele??!!, mas que eu saiba cada vez mais a nossa população está a envelhecer, por muita culpa desse Sr. Engº, que tudo faz para tirar o incentivo para que hajam novas gerações....
    Não existe incentivo ao aumento de natalidade, não existe apoio a quem têm crianças pequenas, com infantários do estdo, tendo as pessoas que ir para os privados, assim como escolas publicas decentes, e tendo muitos pais que recorrer ao ensino privado, para poder dar algumas garantias de estudo e segurança aos seus filhos.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Zé Leitão26/9/08 17:03

    O trabalho voluntário é uma coisa boa

    ResponderEliminar
  4. A questão é que para pessoas como o Sócrates e o Cavaco Silva, o importante é arranjar-se bons tachos para se obter boas reformas à custa do povo, mesmo sendo-se incompetente, no entanto, para eles, o povo tem de trabalhar para fugir à miséria...

    ResponderEliminar
  5. Manuel Costa26/9/08 22:08

    Grande boneco !!! parabéns KAOS.

    ResponderEliminar
  6. Por mim nunca teria avançado.

    ResponderEliminar
  7. O que é que o gajo tem na mão? É um vibrador?

    ResponderEliminar
  8. O trabalho voluntário é responsável por muitas das piores coisas que se fazem em Portugal. O voluntário não passa disso, não é responsabilizado nem pode sê-lo. E normalmente faz asneira porque acaba por achar que as regras não se lhe aplicam.

    O trabalho, para ser frutífero deve ser pago e responsabilizado. Muitos "voluntários" andam por aí a tirar emprego especializado a muitos jovens desempregados.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo