segunda-feira, janeiro 26, 2009

A ratazana de Londres

O Rato

«O vice-presidente do PSD António Borges afirma que o aumento anunciado pelo Governo para a função pública de 2,9% "é uma medida eleitoralista", que vai "ter um impacto muito negativo na economia portuguesa". O economista sublinha que, em anos muito mais favoráveis, o Executivo não deu aumentos deste montante aos funcionários públicos. "Eles merecem muito mais, mas só num contexto de reforma da Administração Pública que, foi prometida, mas não foi feita."»
in [Diário de Notícias]

Há gente que me irrita quando fala, mas há outros como esta ratazana que me metem nojo. Esquece que este aumento não foi decidido no orçamento deste ano, mas na decisão tomada há um ano quando foi decidido que os aumentos deixavam de estar indexados à inflação prevista, mas sim aquela que aconteceu no ano anterior. Esquece também de dizer que os funcionários públicos, como também aqueles que o não são e não trabalham nas administrações das empresas do regime, (esses auto-aumentam-se em percentagens bem mais vergonhosas), há muitos anos que andam a perder poder de compra. Esta mania que esta gente que vive na mama do regime de se vir mostrar contra os aumentos dos que menos têm só mostra a pequenez de espírito desta gente. Não criticam o governo por oferecer benesses e injectar milhões nas empresas e na banca, mas preocupam-se com meia dúzia de euros que possamos vir a ser aumentados. Este Sr. é mais uma motivo, e bem grande, para não se votar no PSD.

1 comentário:

  1. É um ganda economista do caraças e deu qualificações da mais alta confiança,seriedade etc e tal,com AAAe,ópois foi-se a ver e estavam na bancarrota...Muita bom esse fulano,q capacidade!A minha alma fica embasbacada com a propaganda dos media de 'referência'.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo