terça-feira, julho 21, 2009

Diferentes formas de chegar à Lua

O homem na Lua

Fez ontem 40 anos que o homem pisou pela primeira vez a Lua. As minhas recordações dessa noite são a de uma discussão entre o meu pai e a minha mãe. Tinha no dia seguinte o então existente exame de admissão ao Liceu e o meu pai, um sonhador, afirmava que eu devia assistir àquele momento único na história da humanidade enquanto a minha mãe, pessoa mais prática, dizia que tinha de ir dormir pois o exame era mais importante. Tudo acabou num compromisso em que fui parar à cama e acordado a meio da noite só para assistir ao momento em que o Neil Armstrong pôs o seu pé na Lua. Na manhã seguinte lá fiz o exame e acabei por assistir a tudo na repetição que passou nessa tarde na televisão, com a minha avó a dizer-me que não acreditava em nada daquilo e que tudo não passava de um filme feito em Hollywood. Quem tinha razão, o meu pai, a minha mãe ou a minha avó é uma coisa que ainda hoje não sei dizer, mas ensinou-me a perceber que há muitas maneiras de olhar para a mesma realidade, e que por mais diferentes que sejam, todas podem ter a sua razão…ou não.

2 comentários:

  1. REALMENTE ESTE BLOG MOSTRA-NOS UM POUCO DO "KAOS" A QUE ESTE NOSSO PAÍS CHEGOU.
    CUMPRIMENTOS

    ResponderEliminar
  2. Poxa ... és especial ... Parabéns e obrigada por existires!
    Bjos

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo