quinta-feira, setembro 17, 2009

No Limiano da hipocrisia

O limiano da hipocrisia

Paulo Portas é um político que sorri muito, mostra-se muito popularucho, mas lá no fundo é um Sócrates na arrogância e na prepotência e um “Brutus” na forma como age na luta pelo poder. A somar a tudo isto resta a hipocrisia na forma como se zanga com os seus “colegas” de partido e pouco tempo depois aparece a seu lado todo sorrisos e abraços. Foi assim com o Ribeiro e Castro, que agora foi buscar como candidato a deputado e ao famoso Daniel Campilho do Queijo Limiano. Vê-lo lado a lado a percorrer as feiras mostra como esta gente se preocupa mais em atingir o poder que em mostrar dignidade e uma coluna vertebral. Esta é a gente que nos pede o voto. Não obrigado.

1 comentário:

  1. Além da falta de dignidade desta gente, existe um enorme défice de vergonha na cara, coisa que estes "políticos" de merda não têm. Este tal de Campelo é um CDS fasisoide do pior, um cacique, igual a tantos outros que por ai proliferam. E, caro Kaos, gente desta existe em todos os quadrantes partidários, o que revela a falta de qualidade e dignidade da burguesia instalada.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo