sábado, outubro 17, 2009

E agora?

 fim da festa

Que confiança se pode ter num homem que aceita fazer coligação com todos, da direita á esquerda, não interessa quem, só para se manter no poder. Que confiança pode ter um trabalhador ou um desempregado em quem não se preocupa com as politicas que vai fazer, mas simplesmente em manter-se no poder. Ou então, sabia que nenhum outro partido aceitaria governar sob o programa do PS, como aconteceu, pelo menos em público, que por debaixo dos lençóis nunca sabemos o que se diz ou faz, (só imaginamos). Sabia e queria para, quando as coisas correrem mal, atirar com as responsabilidades de uma ingovernabilidade para cima dos outros. Se até o Sr. Silva o soube fazer, muito melhor o saberá fazer o Engenheiro, que pelo menos a vender “banha de cobra, não tem rival. E que confiança me pode dar um vendedor de banha da cobra com Primeiro-ministro? Talvez a mesma que me dá um Sr. Silva de Boliqueime no Palácio de Belém; nenhuma.

3 comentários:

  1. O cabrão do chinoca continua por aqui, porra que o gajo é chato.

    Em relação ao post, já se sabia que iria ser assim, o Sócrates tem enorme dificuldade em se relacionar, em viver com compromissos, no fundo, viver e/ou governar com os outros, está-lhe na massa do sangue. Como tenho dito, é um produto da chamada nova-politique, neo-liberal e com tiques salazarentos.

    ResponderEliminar
  2. parece-me de alguma ingenuidade acreditar que o senhor sócrates queria MESMO governar com mais alguém. ou que resista à tentação de utilizar infinitamente o "não quiseram fazer parte da solução" como arma de arremesso nos debates parlamentares ou quando for acusado das muitas idiotices de que vai ser acusado. cumprimentos aos dois chinocas aí de cima.

    ResponderEliminar
  3. condordo plenamente com o mc ako

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo