segunda-feira, novembro 02, 2009

Novas caras no novo governo (4) + um velho conhecido

o cão de guarda

Temos uma nova Ministra do Trabalho, ex-sindicalista da UGT e metida na criação do grande sindicato Europeu. Ter sido da UGT e andar metida na grande trafulhice do sindicato europeu é já por si um mau sinal. Pior ainda quando sabemos que esta gente normalmente utiliza a traição como arma. Basta pensar que a actual lei do trabalho nunca teria sido possível se o governo fosse de um partido que se arrogasse ser de direita. Também a ministra ser ex-sindicalista pode ser um sinal de que vêem aí mais perda de direitos para os trabalhadores. A estratégica colocação do Valter Lemos, ex-cão de fila da ex-sinistra ministra, como secretário de estado parece confirmá-lo. Ou isso, ou eu estou enganado e o Valter Lemos só lá está para morder na ministra se o seu passado de sindicalista lhe der ideias de defender mais direitos a quem trabalha. De uma forma ou de outra se ele lá está é para morder em alguém.

2 comentários:

  1. "Ou isso, ou eu estou enganado e o Valter Lemos só lá está para morder na ministra se o seu passado de sindicalista lhe der ideias de defender mais direitos a quem trabalha."

    Ela é da UGT. Não sabia que nesse sindicato amarelo já defendiam os direitos de quem trabalha.

    Tenho dito.

    ResponderEliminar
  2. J.S.Teixeira
    Sempre é mais fácil acreditar num sindicalista que num politico profissional e talvez por isso é que a colocaram lá

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo