segunda-feira, novembro 02, 2009

O mártir laranja

o mártir

Todos lhe rogam que se entregue ao trágico destino de líder do PSD e ele sofre entre o gritar "Não, não, não, não me empurrem que eu aceito" e o sonho de morar no Palácio de Belém, quase se ouvindo o lamento "Padrinho, vai o Cavaco re-candidatar-se? Mas, o pior destes mártires de algibeira é que mesmo depois de crucifixados e mortos, renascem sempre para nos azucrinar.

1 comentário:

Ocorreu um erro neste dispositivo