sexta-feira, novembro 13, 2009

Sócrates foi á pica

Gripe  A dos Porcos

O nosso Primeiro-ministro e a Ministra da Saúde foram tomar a Vacina contra a Gripe dos Porcos à frente das câmaras das televisões e do flash dos jornalistas. Quero acreditar, embora me custe, que por uma preocupação genuína com a saúde dos portugueses não se cansam de fazer campanha para que todos acabemos com uma picada no braço. Imagino que tenham tomado a vacina destinada ao comum dos mortais e não a outra que, em alguns países, está a ser ministrada a governantes, militares e aos mais poderosos.
Pessoalmente, já tive os meus dois filhos com a gripe e pareceu-me em tudo idêntica a uma gripe normal desta época do ano. Nós pais, escapámos ilesos aos vírus que certamente inundaram a nossa casa; tivemos sorte. Mas, uma coisa é certa, com tantas dúvidas lançadas sobre a segurança desta vacina, com médicos a não a tomarem e a aconselhar a que nós não a tomemos, cá em casa essa vacina não entra.

5 comentários:

  1. Então Kaos!!. Faça lá o frete e ajude lá as farmacêuticas,coitadas que estão a precisar de mais uns milhões.....

    ResponderEliminar
  2. Por si só a fotografia divulgada é digna deste blogue sem necessidade de qualquer 'tratamento' (http://cicuta-fresca.blogspot.com/2009/11/bandarilha.html).
    que raio está afazer a Sr.ª? de joelhos a espetar o quê? Uma seringa não se espeta assim...

    ResponderEliminar
  3. meteram-lhe foi heroina na veia.
    À puta que o pariu!!!

    ResponderEliminar
  4. Nas democracias liberais considera-se que todos têm igual direito à vida e que este direito é inalienável. Não há vidas de primeira nem de segunda, nem estatutos especiais que confiram mais valor à existência de quem quer que seja; o que aliás até está escrito na Constituição, violada logo em primeiro lugar pelas bestas que a escreveram e que são os fiés guardiães do templo...
    Puta que os pariu a todos.

    ResponderEliminar
  5. http://citadino.blogspot.com/2009/11/os-estados-unidos-e-suica-proibiram.html

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo