quarta-feira, janeiro 27, 2010

São milhões Senhor, são milhões

emprestimo 140 milhões

Portugal vai emprestar a Angola cerca de 140 milhões de euros já em 2010.

No início de Dezembro passado relatei aqui a o facto de o Banco de Portugal emprestar 1,06 mil milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI) no ano em que nos lamentamos da crise internacional. Ontem o Ministério das Finanças recusou comentar um empréstimo de 140 milhões de euros a Angola no mesmo dia em que o Ministro desfiou o rosário do orçamento que impõe mais penitências e sacrifícios a quem menos tem. Não há dinheiro para minimizar a vida de quem caiu no desespero do desemprego e da sobrevivência, mas há para emprestar aos “democráticos” José Eduardo dos Santos e família para que possam continuar, na sua ostentação de riqueza, a comprar o nosso país. Temos de apertar o cinto para que outros possam alargar o deles. Será que não há aqui algo de muito errado?

2 comentários:

  1. Caro
    Kaos,
    Mais um fantástico e muito apropriado boneco, o texto curto é por demais incissivo, está "au point".
    Parabéns pelo conjunto.
    O meu Caro Amigo é um "sniper" da política e das suas trafulhices, pena é não haver muitos mais.
    Um abraço.

    LUSITANO

    ResponderEliminar
  2. Não estamos em crise? E ainda vamos emprestar dinheiro? Ainda por cima a quem têm petróleo e diamantes?
    O que me está a escapar?

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo