quinta-feira, janeiro 28, 2010

Um orçamento indigesto

Cozinhar o orçamento

O Teixeira dos Santos tanto mexeu o taxo que acabou por cozinhar um orçamento bem indigesto. Para os desempregados fica uma barrigada de fome, para os outros a necessidade de fazerem mais uns furos no cinto. Claro que há quem, com a desculpa da crise, continue a poder banquetear-se na miséria dos outros. O mal não está só no cozinheiro, está sobretudo no prato que cozinham. Por mais que se tape o taxo, o prato cada vez está mais vazio.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo