quarta-feira, fevereiro 17, 2010

Adeus ou vai-te embora

 o cagão

"Sinto alguma amargura por ter sido motivado a deixar o país" Vítor Constâncio

Até sinto uma dor no peito só de imaginar a amargura do Constâncio com esta nomeação. Coitado, vai deixar de nos lixar cá dentro para nos ir lixar lá fora.

7 comentários:

  1. joao valente17/2/10 09:08

    Não fazia cá falta nenhuma. Amargura sentiram os nossos emigrantes, que saíram com uma mão à frente e outra atrás,à procura de uma vida digna que o seu país não lhes deu. Constâncio vai chular mais uns euros, depois de ter o cargo mais bem pago da nossa república. É preciso ter lata!

    ResponderEliminar
  2. Se pudesse sair do país já eu o tinha feito há já uns bons anos!! E amargurado também eu ando, por não o poder fazer!!

    ResponderEliminar
  3. Caro
    Kaos,
    Como é que se quer que haja alguma credibilidade deste sistema, como é que se quer que o país vá para a frente quado um indivíduo com a responsabilidade de Victor Constâncio, que foi acusado de ser responsável pela falha de supervisão de dois bancos (pelo menos), que custou milhares de milhões de Euros à Nação, depois é nomeado para um cargo destes???
    Não sei se é culpado ou não, se a falha dessa supervisão é de sua conta - pessoalmente, penso que tem algumas responsabilidades, ou então para que é que serve ser governador do Banco de Portugal, só para receber umas massas de ordenado? - isso deveria ter sido esclarecido e bem para que não restasse a mínima dúvida da competência e seriedade da sua pessoa, aqui, parece que se seguiu o caminho de lançar um manto eflúvio sobre o assunto e remetê-lo para um "exílio" dourado para um esquecimento geral, assim sendo, já não se pode apenas culpar o Governo actual, há que perceber que a UE funciona como uma "fraternidade de irmãos", quando alguma desgraça acontece a um deles todos se mobilizam para o proteger, isso não é digno dum sistema deocrático, parece mais que agem como uma máfia, não tenhamos medo das palavras.
    Claro, tal como o espectacular boneco do meu amigo Kaos, mais uma vez muito a propósito, toda essa gentalha se está cagar para nós, o que não entendo é como é que centenas de milhões de europeus vão na conversa e continuam acreditar nesta UE mais que corrupta, aonde apenas os pilha-galinhas são condenados, , será que no pão nos mandam doses de escopolamina ou outra qualquer droga que apague a memória colectiva???
    Parece-me bem que sim, mas tenhamos esperanças, que, com tanta cagar em cima de nõs, eles também acabarão por se afundar na merda que fazem.
    E ainda ficam amargurados???
    Cumprimentos.

    LUSITANO

    ResponderEliminar
  4. Muito bem xor Lusitano.A escumalha portuguesa é da mesma estirpe dos 'politicos' educados da europa.Uma cambada de gente do piorio.É ver o q se passou na ex-Jugoslávia/Kosovo(protetorado de assassinos e traficantes de órgãos/ópio AfPak),guerra no Iraque.Esta gentalha tem as patas sujas com sangue e,deveriam-nas pagar.Os povos são tótós e,com o romper do pano económico da UE/USA vamos começar a levar nos cornos para aprendermos...

    ResponderEliminar
  5. E a seguir vai o Sócrates, o Aníbal já não porque é velho, senão também ia. Para esta gente há sempre um tacho esperando, seja em Bruxelas, Estrasburgo, ou numa qualquer organização congénere.

    ResponderEliminar
  6. este hipócrita e este grande c*brã* ainda tem lata para proferir uma frase dessas?! fode-nos a economia e corrempe-nos o sistema bancário e ainda lamenta ir para fora com uma reforma entre as pernas e a ganhar mais uma data de milhões para o BCE. vergonha...

    ResponderEliminar
  7. O coitado Constâncio vai ganhar 21 mil e tal por mês (em Portugal foi "apenas" 17 mil e tal).
    Se ele sentir tanta amargura podia dar a diferença a mim...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo