sábado, maio 08, 2010

Olha o Nemo, vejam é o Nemo,...o Nemo. E onde estão os Cavaquinho?

Nemo

O país está no estado em que está e ouvir o nosso Presidente a falar é assustador. Só podemos mesmo ir ao fundo.

2 comentários:

  1. TRAPALHADAS À VISTA

    CAROS AMIGOS
    ATENÇÃO
    Foi hoje assinado o contrato de concessão do percurso de Alta Velocidade entre Caia e o Poceirão, ao mesmo tempo foi anunciada a suspensão da construção da 3ª travessia doTejo e do novo Aeroporto.
    Chamo a vossa atenção para este facto, que demonstra, ou incongruência de quem "manda" aqui no quintal, ou então, não passa duma forma cínica e hipócrita de levarem a deles à vante.
    Repare-se no seguinte, a construção do traçado final da linha Madrid a Lisboa em alta Velocidade, só será viável, caso a mesma chegue EFECTIVAMENTE a Lisboa, se ficar no Poceirão, que dista umas dezenas de quilómetros da capital, serve a quem e para quê? Aos alentejanos, para irem comprar caramelos a Badajoz???
    Isto não passa duma falácia ou duma maneira de levarem a àgua ao moinho deles, não tem qualquer lógica nem isso interessa a ninguém, e será que os espanhóis aceitam isso? Que gastem uma fortuna para ficarem no meio do Alentejo???
    Esta é uma "estória" muito mal contada, tanto mais, que sendo fundamental uma ponte ferroviária ou mista, rodo-ferroviária para o atravessamento do Tejo, este seria um dos primeiros equipamentos a construir, não só porque estas obras de arte normalmente são as mais demoradas, como são as que trazem mais problemas, ora, como é fundamental que quando a linha chegue próxima da capital já tenha todas as infra-estruturas prontas, refiro-me naturalmente à ponte, mas também à estação terminal de Lisboa, sem se começar imediatamente essas obras, qualquer coisa que se faça é pura perda de tempo, tanto mais, que sendo este tipo de traçado um traçado inter-capitais dos dois países, não faz sentido nenhum o comboio ficar em nenhures, no tal "deserto" do Ministro "Jamé", como é que se vinha depois para Lisboa, a pé, de camioneta, de lambreta, como???
    O que me admira, é o Presidente da República se congratular pela suspensão dessas grandes obras, não questionando então, porque é que se vai investir num troço sem qualquer interesse de por si só.
    Não sabe, ninguém lhe explicou, não se interessa???
    Faz-me lembrar a linha do Sabor em Trás-os-Montes, era para chegar a Miranda do Douro, ficou-se por Duas Igrejas a cercade 10 Kms, resultado, foi sempre uma linha falhada, até que Cavaco Silva a mandou fechar de vez, será o mesmo destino que espera essa tão célebre linha de "TGV"???
    Tenhamos pois atenção, que, ou isto é mais uma trapalhada e demonstra a incompetência de quem manda, ou é urgente fazer qualquer coisa para satisfazer os empreiteiros, ou então, demonstra puro cinismo e hipocrisia, pois, sabendo de antemão que este troço é inviável sem a ligação a Lisboa, só estão à espera de o iniciar para virem com o "choradinho", de, que, sem a parte final a linha não é rentável.
    É tempo dos blogueres e dos comentadores começarem a manifestarem-se a interrogar-se o que anda realmente por detrás desta jigajoga toda.
    Cumprimentos.

    LUSITANO

    ResponderEliminar
  2. http://infamias-karocha.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo