segunda-feira, junho 07, 2010

O Tango da precariedade

tango da precariedade

Passos Coelho, o nosso "Ken", veio defender a liberalização dos despedimentos em defesa do emprego. "O que é importante é defender as pessoas e não os postos de trabalho", afirmou. Estas teorias do Liberalismo sempre me surpreenderam. Como se não bastasse a "vergonhosa" lei do trabalho já implementada pelos "Socretinos" vem agora este a querer tornar ainda mais precária a vida de quem ainda tem trabalho. Quando vai este povo acordar e dizer a esta gente que não é esse o caminho a seguir? Não basta o "Tango" da aprovação do PEC? Ainda vamos vê-los dançar ainda mais ao sim da miséria deste país?

3 comentários:

  1. Nunca pensei que o Sócrates tivesse um pernão tão bom para a dança. lolololol

    ResponderEliminar
  2. Caro
    Kaos,
    Mas qual é a diferença entre os Srs. Sócrates e Passos Coelho, existe alguma???
    Só se for na marca dos fatos, de resto, são ambos fruto do mesmo pai, o ultra-capitalismo selvagem.
    Quem tiver ilusões sobre o Sr. que se diz líder do PSD, devia andar uma semana na rua com orelhas de burro e levar umas valentes reguadas com a "menina dos 5 olhinhos"*.
    Esta gente são uma toscas figuras ao serviço da extrema-direita, a verdadeira, não a daqueles totós que se gostam de intitular dessa cor política, mas não tem um chavo nas algibeiras.
    Esta é a verdade e só não vê quem é burro ou come do tacho.
    Um abraço.

    LUSITANO
    * Para quem não sabe, a "menina dos 5 olhinhos" era uma palmatória com 5 furinhos, que, quando aplicada com força na mão do infeliz, deixava umas bolhas que ainda faziam mais doer do que a própria reguada, ainda comi com algumas.
    Estes políticos de merda deveríam comer mas com uma de tamanho gigante.

    ResponderEliminar
  3. A seguir ao tango vai vir as maracas...

    Saudações Chaladas

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo