domingo, julho 04, 2010

Mais um pobre desempregado

desempregado

O pobre do Armando Vara acabou por se ter de demitir da Administração do BCP em virtude do caso "Face Oculta". Para se aguentar, até encontrar mais um novo emprego, receberá uns míseros 260 mil euros referentes aos meses que faltavam para terminar o contrato no final do ano (e ainda dizem que esta gente ganha muito quando o ordenado pouco passa do meio milhão por ano, mais umas alcavalas). Espero que se aguente com as pensões, reformas e outros "biscates" que tem por aí em mais algumas administrações, que um homem com as suas habilitações, (só comparáveis às do nosso Primeiro-ministro) faz muita falta aos seus amigos.

7 comentários:

  1. Ele ainda acabará por receber um rendimento mínimo de inserção... enquanto nós... cá iremos viver com as sopas da Ministra da Saúde!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo6/7/10 11:08

    Desculpe o comentário mas, esta analogia que faz neste boneco é uma monstruosa ofensa...

    Ofensa ao Mário Moreno (O " Cantinflas"), é claro!

    ResponderEliminar
  3. Fico é a sentir-me mal por não saber quem era o Varre Merdas de Alcântara.
    Tira-me desta angústia, Kaos. Quem é?

    ResponderEliminar
  4. Dias dos Santos:
    Era uma frase que se dizia no meu grupo de amigos quando ainda andava de calções. Uma dquelas coisas que nunca se esquecem

    ResponderEliminar
  5. Ok, obrigado. Fico mais aliviado.
    No meu tempo de tropa também havia o "capitão espalha-merda".
    Devia ser da família, pena que não saiba se era de Alcântara.

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. A despropósito: se calhar foi sem querer, mas o desempregado Armando Vara, coitado, até perdeu uma perna do m, e ficou Arnando Vara no título.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo