quinta-feira, julho 15, 2010

Preso à Presidência

prisão

Relação confirma pena de dois anos de prisão efectiva para Isaltino de Morais pelos crimes de branqueamento de capitais e fraude fiscal, mas não confirmou a de perda de mandato, pelo que o autarca pode continuar como Presidente da Câmara de Oeiras.

Como pode alguém estar preso e exercer as funções de Presidente de Camara e estar preso? Neste caso até é fácil, pois Caxias faz parte do município de Oeiras. Assim, o Isaltino vai poder continuar a exercer as suas funções, bastando para isso que transfira o seu gabinete para a Prisão de Caxias e receba os seus vereadores durante as horas de visita.
Raio de país este em que alguém condenado por fraude pode continuar a pôr e dispor dos dinheiros públicos, dinheiro de todos nós.

5 comentários:

  1. O Isaltino é uma vitima do sistema e um "preso político". Quando vier outra revolução sairá como todos os outros recriando o filme de 1974. É garantido!

    ResponderEliminar
  2. http://infamias-karocha.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Só vendo é que acredito, recordo-te, de colarinho branco só lá esteve o Azevedo e porque foi parvo. Num sistema, onde o capitalismo vence a razão, a justiça não é cega.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Caro
    Kaos,
    Isaltino ainda pode recorrer para o Tribunal Constitucional, até lá tudo fica suspenso, penso eu de que...
    Um abraço.

    LUSITANO

    ResponderEliminar
  5. E o mais grave é que este é apenas uma gota de água no oceano.
    O de Marco de Canavezes e a de Felgueiras ainda andam por aí impunes...

    Saudações Chaladas

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo