sexta-feira, outubro 01, 2010

Aperto no coração

Hoje, na Assembleia da Républica, o dito Engenheiro, afirmou que sentiu um aperto no coração quando teve de decidir as medidas de auteridade que anunciou ontem. Ainda tive esperança que tivesse sido um enfarte, mas afinal não, era só mais uma treta para enganar papalvos. É pena.

3 comentários:

  1. Tal como há uns anos atrás aproxima-se a altura de um primeiro ministro socialista (???) se pôr a andar após seis anos a gastar à tripa forra. O outro falou no lamaçal em que isto estava transformado. Este pulha, travestido de engenheiro, falará agora em quê?
    Quem vier a seguir que apague a luz!

    ResponderEliminar
  2. Será que este gajo tem coração?
    Ou será só conversa fiada?
    Presunção e manias tem demais e este género de "pessoas" só olham para o seu umbigo, não conseguem ver mais ninguém à sua volta!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo