sábado, dezembro 11, 2010

Um casamento de conveniência...para eles


O Sócrates veio informar que a sua solução para tornar o despedimento mais barato para as empresas passa por uma redução dos valores das indemnizações a pagar pelas empresas, mas também pela criação de um fundo público para financiar os despedimentos.
Depois de, ainda recentemente, para poupar dinheiro ter reduzido o tempo e o valor do subsídio de desemprego para as centenas de milhares de portugueses, vem agora gastar esse dinheiro para facilitar a criação de mais desemprego. Neste casamento por conveniência com os "patrões"uma vez mais seremos nós a pagar a desgraça que nos impõem. Nós pagamos tudo, as aldrabices do BPP e do BPN, as mordomias dos nossos políticos, os prémios vergonhosos dos grandes gestores e agora até os despedimentos. Vamos uma vez mais dar o nosso dinheiro a quem afirma não ser possivel aumentar o ordenado mínimo para 500 euros, (80 centimos por dia). Vamos uma vez mais pagar para ver os lucros e os prémios das grandes empresas aumentarem, para vermos o dinheiro "fugir" para as off-shores sem pagar impostos, para vermos ex-governantes e os seus "boys" nos conselhos de administração de empresas a quem ofereceram lucros de milhões. Vamos pagar por mais submarinos e blindados para guerras que só servem os interesses dos grandes senhores do mundo.
Um governo devia servir para trabalhar para o bem dos cidadãos de um país e não somente para servir os interesses de alguns patrões que só pensam na ganância do lucro sem olhar a meios. Mas isto é o que temos e, se nada fizermos, é aquilo que vamos continuar a ter.

3 comentários:

  1. Muito bem é esta liberdade que temos. Podemos dizer as verdades que nos vai na alma. E depois o que é que acontece?

    Nada...rigorosamente nada!

    É este o grande paradoxo da democracia. Em ditadura não podiamos dizer nada porque podiam ouvir-nos.

    E quando teimavamos em falar alto íamos presos porque a verdade incomodava.

    Agora como vivemos num mundo de mentiras que valor é que tem a verdade? Zero!

    A verdade deixou de ter qualquer valor.

    Por isso já ninguém nos ouve nem perdem tempo a se incomodar com isso.

    ResponderEliminar
  2. Amigo Kaos só agora percebi o porquê do teu blogue começar a ter tão poucos comentários.

    O pessoal agora está todo interligado no facebook e já não tem tempo para fazer visitas a blogues.

    É agora a grande moda como não tinham talento para criarem um blogue porque a grande maiora são semi-analfabetos têm agora a grande oportunidade de se manifestarem.

    Kaos se criares um facebook não te esqueças de o publicitar porque eu teria muito gosto em te fazer meu amigo.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo da 22:12
    tens toda a razão quando dizes que os blogs têm vindo a perder espaço para o facebook e que hoje tanto em número como em comentários, aos que ainda resistem, se tem assistido a uma diminuição. É pena que os blogs me parecem uma melhor plataforma para se discutirem ideias e deixar opiniões, mas as coisas são como são. Pessoalmente não gosto do formato do facebook, por se perder muito tempo em coisas sem grande interesse e por ser limitativo no seu alcance, só disponível para amigos. Tenho no entanto uma página, que quase nunca visito mas onde os meus posts dos blogs são colocados automaticamente. O nome é Wehavekaos e terei rodo o prazer em aceitar a tua amizade. Há também uma outra página no facebook, criada pela minha companheira, de fans do kaos, só útil para quem deseja seguir o que publico no meu blog.
    um abraço
    kaos

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo