terça-feira, janeiro 25, 2011

Dia do Carteiro


A ministra do Trabalho, Helena André, propôs aos parceiros sociais que as indemnizações pagas aos trabalhadores em caso de despedimento passe 1 mês de salário por cada ano de trabalho e passem a ser somente de 20 dias, com um máximo de 12 meses.

A Ministra veio propor aquilo que os patrões vieram a público propor na semana passada. Como sempre a CGTP já veio dizer que não aceita e a UGT que é uma proposta que merece análise. O patrão pede, o governo dá. A CGTP desce mais uma vez a Avenida e a UGT dá o amém e a extrema unção. Uma vez mais, e como sempre acontece, o governo vira as costas a quem trabalha e alia-se ao capital. Será que alguma vez viremos a ver este governo a propor alguma coisa que seja em beneficio dos trabalhadores?

Fiz este boneco por hoje ser "Dia do Carteiro", profissão a quem agradeço trazerem-me o correio, quer chova ou faça sol. (Pena é que a grande maioria das cartas que recebo sejam contas para pagar).

3 comentários:

  1. É o retrocesso aos tempos tenebrosos do salazarismo/fascismo. A classe política de braço-dado com o capitalismo explorador tende a curto prazo bloquear vs acabar com os direitos de quem trabalha. Esta gente prepara-se a curto prazo para nos vergar de vez, para nos humilhar. Que fazem aqueles que dizem defender a classe operária? Uns limitam-se a descer a avenida e uma ou outra greve de funcionários públicos, outros vergam-se aos interesses partidários. Um merda, uma valente merda. Chegará o dia, em que o Povo saia à rua e diga BASTA.

    ResponderEliminar
  2. Por isso é que não votei manel alegre do garrafão de águeda....

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo