sexta-feira, janeiro 14, 2011

Nascer duas vezes


Penso que ainda nunca tinha feito aqui o boneco do homem tão honesto, tão honesto que todos teremos de viver duas vezes para sermos tão honestos como ele. Se calhar ele já nasceu três ou quatro ou se calhar não. Mas, o que realmente me preocupa nisso do nascer duas vezes é se no renascer vou ter de sofrer o Sr. Silva de Boliqueime outra vez.
Esta metafísica da honestidade tem muito que se lhe diga.

6 comentários:

  1. se a vida for boa renasce-se numa forma de vida cavaquista

    se for má o karma leva a reencarnações em baratas, bloquistas e em boys e bois de partidos variados

    ResponderEliminar
  2. Estás a ver mal a coisa.
    Essa frase é uma mensagem de esperança.

    Eu explico: como "temos que nascer 2 vezes para ser mais honestos que ele",

    eu, e muitos que nunca comprámos acções com dinheiro sujo a gente suja, que nunca tramámos os nossos amigos (Amaral, Nogueira, Santana), portanto mais honestos que ele, vamos ter que nascer 2 vezes. Pela mesma razão ele só nasce uma vez.

    Daí, a boa notícia é que, na próxima incarnação, não o encontraremos cá com certeza.

    ResponderEliminar
  3. Todo o desonesto diz que é o mais honesto, assim.....

    ResponderEliminar
  4. Nasceu muitas vezes?! É um gato! Não é um cavaco!
    (eu sou do tempo em que não havia papel higiénico... um carolo!... um cavaco!!!... depois vieram os jornais e, só mais tarde, o papel higiénico!... isto é, o Cavaco está fora de tempo! A não ser que tenha renascido na forma celulosica de papel higiénico!)
    Um abraço Renova - Um gato?!

    ResponderEliminar
  5. nao se preocupe meu caro, porque a figurinha deve ter nascido primeiro da vagina como é hábito e em seguida do ânus como só a ele! LOL

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo