terça-feira, fevereiro 08, 2011

A prova oral da ministra


A Ministra Isabel Alçada vai esta quarta-feira fazer um exame oral ao parlamento e é bom que estude bem a matéria que certamente vai ter de saber bem como explicar coisas como o fim da área projecto, ou do estudo acompanhado ou ainda do desporto escolar. Mas, a pergunta mais difícil será explicar como vai cumprir a promessa, feita ainda neste passado fim de semana, de não haver despedimentos na função pública com o fim de mais de 30 mil horários nas escolas públicas. Até agora esta ministra, como tinha feito a anterior a sinistra Maria de Lurdes Rodrigues, sempre justificaram as suas malfadadas medidas com a melhoria do ensino, coisa que agora não poder fazer.
Melhor mesmo é chumbarem-na a ela e às medidas que pretende implementar. Há certamente no estado melhores sítios para cortar despesa do estado que na educação, onde ainda há tanta coisa para melhorar. Certamente que faz mais falta um professor que dezanove dos vinte motoristas que o Sócrates tem à sua disposição na presidência de ministros.

3 comentários:

  1. Anónimo8/2/11 17:51

    Ó Kaos: isto de comentários está cada vez mais reduzido. Estás a perder a audiência? Ou será que quanto mais barafustas mais afastas a clientela?

    ResponderEliminar
  2. Coitada, não ficou nada bem na fotografia. Parece um homem. Não havia um "boneco" dela mais bonito?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo das 17:51
    Parece que estás mais preocupado com o numero de visitas a este blog que eu. Neste momento publico os meus bonecos e textos em 3 blogs (blogspot, wordpress e sol)e em nenhum deles o número de visitas tem diminuido, antes pelo contrário há casos onde tem subido e muito. Também os publico no facebook onde´são replicados diáriamente por diversos amigos. Felizmente não será por falta de visitas que este blog vai acabar. Mas, mesmo que só uma pessoa me visitasse continuaria a fazer o que faço e a dizer o que digo. Calarem-me é bam mais dificil do que te possa parecer.
    Fica bem

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo