quinta-feira, fevereiro 10, 2011

Uns pagam...outros não


Os quatro maiores bancos privados em Portugal registaram uma queda nos lucros em 2010, face a 2009. Em conjunto, os resultados do BES, BCP, BPI e Santander Totta caíram 10 milhões de euros (só lucraram 1.435 milhões de euros). Mas os impostos pagos desceram para metade: os cofres do fisco receberam menos 150 milhões de euros.

Enquanto para os que menos têm a crise lhes traga menos salários e direitos sociais e mais aumento nos produtos essenciais e nos impostos (só em Janeiro as receitas subiram 15%)parece que ainda há aqueles para quem ela passa ao lado sem os incomodar. Sendo a Banca um dos negócios mais lucrativos, à muito que é taxada com impostos muito abaixo dos valores cobrados às outras empresas, sejam elas médias, pequenas ou micró. Para ajudar à festa ainda contratam contabilistas que com jogos financeiros reduzem o pagamento ao mínimo e agora, como se isso não bastasse ainda veio o governo desagravar-lhes a carga fiscal. Todos temos de contribuir para salvar o país da bancarrota, ou melhor quase todos que a Banca parece estar imune a essa responsabilidade. Um pouco como no "Animal Farme", onde também todos os animais eram iguais, embora houvesse uns que eram mais iguais que outros.

1 comentário:

  1. Alguns comem TUDO, comem tudo e não deixam NADA!
    Outros deixam-nos comer TUDO,
    também comem TUDO e não deixam NADA!...
    Grande Zeca Afonso, quem diria que
    as suas grandes letras e músicas de intervenção se iriam aplicar em
    pleno século 21 com uma realidade muito mais escandalosa e absurda!..

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo