terça-feira, março 29, 2011

Sonhos de poder absoluto


«Não basta ter uma maioria», declarou Alberto João Jardim, dizendo que é preciso que haja «juízo». «Há solução, saberá o povo português - porque eu com o povo madeirense estou descansado -, desta vez, ter juízo e conseguir encontrar soluções?», «é preciso reformular a Constituição da República, que é a lei das leis» e, que por isso é necessário «um Governo com uma maioria constitucional para mudar a Constituição».

Realmente é necessário que haja juízo, mas não para dar uma maioria de 2/3 a uma direita que anda aflita para acabar com o Serviço Nacional de Saúde e com a Escola pública, sem esquecer de privatizar a Caixa Geral de Depósitos e qualquer empresa pública que dê lucro. Uma direita que considera que em Portugal há demasiados apoios sociais, e que os portugueses vivem acima das suas possibilidades, isto é ganham demais. É necessário juízo para que o desejo de castigar o Sócrates não nos traga uma outra versão dele ainda pior.

1 comentário:

  1. Já está em bicos de pés. Mas perde a cadeira de S. Bento para o Bagão Félix, que é um Salazar em versão "soft" (assim como o Sócrates é um neoliberal "soft").

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo