quarta-feira, abril 13, 2011

O mestre e os anjinhos

Depois do jogo do empurra de quem vai negociar a "ajuda" a Portugal, com o Cavaco a lavar as mãos, o Passos Coelho a não saber o que fazer, veio o Sócrates dar-lhes a volta a todos. O governo ai liderar as negociações, deixando os outros todos a reboque daquilo que decidirem fazer. Vem assim o Sócrates vender a imagem de ser mais responsável e de ser quem mais preocupado está com o país.
O Sócrates sempre foi um excelente vendedor de banha da cobra e, contra um anjinho como o Passos Coelho, não me admira nada que no próximo dia 5 de Junho esteja a comemorar mais uma vitória eleitoral.

2 comentários:

  1. Há pois é... continuam a silenciar o FULCRO da Revolução na Islândia!!!
    .
    NOTA: o FULCRO da Revolução na Islândia não é o discutir "pagamos" versus "não pagamos"... mas sim, o 'corte' com as regras da superclasse (alta finança - capital global):
    - a superclasse (nota: controlam os media) quer Democracias-Fantoche... leia-se: Democracias facilmente manobráveis por lobbys...
    - a superclasse não está interessada em Democracias aonde os cidadãos exijam, não só maior transparência aos governos, como também o Direito de VETAR as 'manobras' com as quais não concordam!
    .
    .
    UM EXEMPLO: Esta história do TGV nem era assunto de grande conversa!!!... Visto que:
    - «Existindo várias empresas de transportes por rentabilizar (leia-se, com grandes prejuízos) como, por exemplo, a CP, a Transtejo, o Metro do Porto, etc; e estando o país sob a ameaça da bancarrota...vai-se construir mais uma empresa deficitária: o TGV!!!... Meus meninos (leia-se políticos) deixem-se de brincadeiras porque a coisa será VETADA pelo contribuinte! Meus meninos (leia-se políticos) preocupem-se é em incentivar o aparecimento de empresas sustentáveis sem 'assalto' ao contribuinte».
    .
    .
    .
    TEXTO ANEXO:
    ---> A superclasse é anti-povos que pretendem sobreviver pacatamente no planeta...
    ---> A superclasse protege o pessoal gerador de caos no planeta!
    Um exemplo: o pessoal que anda numa corrida demográfica pelo controlo de novos territórios.
    [nota: a superclasse ambiciona um Neofeudalismo - uma Nova Ordem a seguir ao caos... consequentemente, a Superclasse pretende dividir/dissolver Identidades para reinar...]

    ResponderEliminar
  2. Referendo ao TGV e à "ajuda" externa, já!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo