quarta-feira, abril 20, 2011

O Nobre bebé com idade para ter juizo


Um dos casos mais caricatos da política portuguesa dos últimos anos tem sido a novela da participação cívica do Fernando Nobre nos terrenos da política. Cedo mostrou não ter muito jeito, mas mesmo assim 600 mil portugueses ainda foram enganados na sua conversa. Depois, foi o que se viu, com o faz o que disse que nunca faria, o contradizer agora o que tinha acabado de dizer pouco tempo antes, para acabar a trocar os pés pelas mãos voltando a desdizer o que já tinha dito e desdito. O Passos Coelho bem pode limpar as mãos à parede com a asneira que fez e quanto mais procura justificar o que o Fernando Nobre disse e desdisse mais se baralha e enterra.

3 comentários:

  1. Aprendeu depressa este Nobre. Indiquem-me um político que não seja demagogo, mentiroso, troca-tintas, com a mania que sabe tudo, que é o melhor, etc., etc..

    Quando surgir o primeiro, avisa.

    Abraço

    Viva o 25 de Abril
    Viva o Poder Popular

    ResponderEliminar
  2. Zé Leitão20/4/11 19:14

    Fernando Nobre mantém-se fiel aos seus pricípios e valores.Só não vê quem não quer. Continua a ser genuíno e verdadeiro. Tem toda a minha confiança.

    ResponderEliminar
  3. Não há dúvida:isto é um país de palhaços!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo