segunda-feira, agosto 08, 2011

A água é de todos


A Águas de Portugal obteve um resultado líquido consolidado de 48 milhões de euros no primeiro semestre de 2011, um crescimento de 384 por cento face ao período homólogo,

Aqui está uma empresa que dá lucro ao Estado, que gere um bem que é de todos e um serviço essencial e estratégico para o país que este governo deseja vender e pela qual muitos se devem andar a babar.
Vamos aceitar que se privatize a água? A água a que todos têm de ter direito garantido e livre. Não há vida sem água. Se há luta em que vale a pena todos nos metermos com unhas e dentes é esta.
A água não é pertença de ninguém. É de todos.

5 comentários:

  1. Se os lucros fossem canalizados para a resolução efectiva dos problemas, então, de cada vez que uma empresa do Estado desse lucro, eu até aplaudia.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo8/8/11 22:25

    kaos, excelente blogue, excelente visão. Isto é uma declaraçao de guerra completamente explícita. O povo tem que abrir os olhos e depois ir pra rua.. tem que parar tudo!..

    ResponderEliminar
  3. Anónimo8/8/11 23:02

    Não aprecio muito o género, mas aqui concordo com o Saramago: "e se privatizassem também as p. que os pariu?"

    ResponderEliminar
  4. Se há ou houve algum dia, razão para as pessoas dizerem NÃO, saírem á rua para demonstrar que existe um limite que realmente não deixam que seja transposto como se literalmente as suas vidas dependessem disso é esta questão da água.

    ResponderEliminar
  5. Pedro Só14/8/11 19:07

    Sou tradicionalista.
    Vou afiando o machado, a podoa, a foice e a sachola...
    Sempre resolveram bem questões de água....

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo