sábado, agosto 20, 2011

Cá se fazem, eles pagam

«O jornalista da SIC Mário Crespo foi sondado pelo ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, para saber da sua disponibilidade para aceitar o cargo de correspondente da RTP em Washington. A situação está a gerar algum mal-estar na administração da estação pública mas também a direção de informação da estação.
Primeiro porque a nomeação de correspondentes da RTP é uma incumbência da direção de informação, com posterior aval da administração. Depois, porque estas nomeações têm um regulamento interno com critérios bem definidos: é dada primazia aos jornalistas da RTP interessados em colocações no estrangeiro - o que não é o caso de Mário Crespo, jornalista da SIC - e os candidatos só são escolhidos após avaliação feita por um júri interno.

Esta notícia mostra várias coisas sobre quem nos governa actualmente. Em primeiro lugar que paga os favores de quem lhes fiu útil no passado recente para derrubar o governo dos socretinos, depois que são iguais a eles. Criticavam-nos por controlarem a informação da RTP mas já se viu que pensam fazer dela arma ao serviço do governo e do PSD.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo