quarta-feira, agosto 24, 2011

De PEC em PEC até ao extraordinário e colossal final


O défice do subsector Estado aumentou cerca de 9%, em Julho, quando comparado com o mês anterior.
O total o défice ascende a 6,68 mil milhões de euros, um valor que, face a Julho do ano passado, representa uma redução de cerca de 25%, de acordo com os dados da execução orçamental disponibilizados pela Direcção-Geral do Orçamento. Contudo, face ao mês de Junho, o aumento foi de cerca de 550 milhões de euros.

Um aborrecimento que a descida no défice seja quase toda conseguida no reinado do Sócrates e o aumento no do Passos Coelho e do seu Vitor Gaspar. As culpas atiram-nas para as receitas que não subiram tanto como o esperado. Não subiram e vão ainda diminuira mais, porque há sempre um momento em que por mais que espremam já não há mais sumo para sair. Austeridade e sacrifícios colossais sobre uma recessão é o que dá. Empobrecem o país, destroiem a economia e a dívida sempre a crescer.

5 comentários:

  1. Um caos organizado por alguns - a superclasse: um neo-feudalismo, uma nova ordem a seguir ao caos.


    -> A superclasse (alta finança internacional - capital global) não só pretende conduzir os países à IMPLOSÃO da sua Identidade (dividir/dissolver identidades para reinar)... como também... pretende conduzir os países à IMPLOSÃO económica/financeira.
    -> A superclasse é anti-povos que pretendem sobreviver pacatamente no planeta...
    -> A superclasse ambiciona um Neofeudalismo - uma Nova Ordem a seguir ao caos...

    -> Marionetas dos 'Bilderbergos' (ex: Sócrates e afins) fizeram o seu trabalho: silenciaram 'Medinas Carreiras', e armaram a RATOEIRA para a falência: endividamento esperando um - ILUSÓRIO - crescimento perpétuo...
    .
    -> Mais bandalhos/cúmplices dos 'Bilderbergos' (ex: os praticantes do Terrorismo_CGTP) também fizeram o seu trabalho:
    - face a uma entidade pagadora em deficit (leia-se Estado), apresentavam propostas de aumentos - e não - propostas de orçamentos... leia-se, queriam mais dinheiro não importa vindo de onde... leia-se, jubilavam quando os aumentos vinham (...e...) varriam para debaixo do tapete o facto da entidade pagadora ter necessidade de pedir dinheiro emprestado a especuladores, e necessidade de vender activos...
    {obs: agora andam por aí chorar lágrimas de crocodilo: «alerta para "perda de soberania" do País»}




    ANEXO:
    DEMOCRACIA HOLOCÁUSTICA...NÃO!
    .
    -> Muito pessoal está-se a borrifar para 'isto': querem é curtir... [nota: estão no seu Direito];
    -> Muito pessoal é adepto da competição global... [nota: estão no seu Direito];
    -> Muito pessoal adora fêmeas economicamente fragilizadas (mais dóceis)... oriundas de outras sociedades [nota: estão no seu Direito];
    -> Muito pessoal adora machos provenientes de sociedades tradicionalmente poligâmicas [nota: estão no seu Direito];
    -> Muito pessoal adora negociatas-fáceis [nota: estão no seu Direito];
    -> ETC...
    --->>> Todavia, não podemos pactuar com os 'Democratas Holocáusticos' - são aqueles que pretendem democraticamente determinar a eliminação de Povos/Identidades -,... visto que o DIREITO À SOBREVIVÊNCIA é um Direito Universal!
    .
    .
    -> Apesar de os portugueses não serem a nação mais antiga da História... será que os portugueses devem abdicar da existência duma Pátria sua?
    RESPOSTA: na minha opinião, NÃO!
    .
    Concluindo: Não vamos ser uns 'parvinhos-à-Sérvia'.... antes que seja tarde demais, há que mobilizar aquela minoria de europeus que possui disponibilidade emocional para se envolver num projecto de luta pela sobrevivência... e SEPARATISMO!...
    .
    Nota: Quando se fala em SEPARATISMO-50-50... não se está a falar em apartheid, mas sim, em LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA, ou seja, separatismo puro e duro: uma Nação, uma Pátria, um Estado.
    .
    .
    P.S.
    -> Uma NAÇÃO é uma comunidade de indivíduos de uma mesma matriz racial que partilham laços de sangue, com um património etno-cultural comum.
    -> Uma PÁTRIA é a realização e autodeterminação de uma Nação num determinado espaço.
    -> Ora, existindo não-nativos JÁ NATURALIZADOS com uma demografia imparável em relação aos nativos... como seria de esperar, abunda por aí muita conversa para 'parvinhos-à-Sérvia'.

    ResponderEliminar
  2. PVnam, vai-te mas é curar.Quanto ao dono do blog, poderia ver melhor quem deixa postar aqui,pois este fulano é de extrema direita e está a fazer trbalho para a extrema direita.

    ResponderEliminar
  3. http://resistir.info/chossudovsky/mahdi_ameacado.html

    ResponderEliminar
  4. Não percebo pêva de economia, a não ser o facto de saber discernir entre a nota de cinco e a de dez euros.

    Mas penso que não seja preciso ser um expert para ver que, se o pessoal tem menos poder de compra, descem os impostos directos (IVA) e sobem as falências e o desemprego, pelo facto de haver menos consumo.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo