quarta-feira, agosto 24, 2011

Quando as verdades e as mentiras são a mesma coisa


«Os procuradores de Nova Iorque pediram para retirar as queixas de tentativa de violação e violência sexual contra o ex-director do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn.»

Agora talvez haja mais gente com curiosidade de perceber porque tramaram o Strauss Kahn e elegeram para Presidente do FMI, Christine Lagarde, uma senhora que até estar a ser investigada pela Policia francesa pelo papel assumido , quando era ministra das Finanças de França, num negócio associado ao empresário Bernard Tapie em que este poupou pelo menos 200 milhões de euros em pagamentos ao Estado.

2 comentários:

  1. crenças sã próprias de creanças?

    ResponderEliminar
  2. Dados os revelados antecedentes de Strauss Kahn, pode concluir-se que:
    Ou o homem é "realmente" vítima de uma "tramoia" ou na realidade o dinheiro tem o poder que todos nós sabemos e consegue sair "livre" de culpa!
    Para milhões de pessoas, eu incluído, o homenzinho ficará sempre com a fama de ser "cavalo de padreação" demonstrando que o
    poder não lhe concede nenhum respeito!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo