terça-feira, agosto 30, 2011

Descontentamento popular e oposição


O Professor Marcelo lá apareceu mais uma vez nas suas "conversas em família" e desta vez para se congratular com o regresso das oposições ao trabalho. Ele diz que faz falta uma oposição política para que as pessoas se sintam representadas na sua zanga contra o poder. Não porque a oposição vá derrubar ou modificar a linha do governo, esse está bem sustentado por uma maioria, mas para que as pessoas não procurem outras formas de mostrarem o seu desgrado, menos fora do sistema e do controlo. Confessou mesmo que prefere ver uma manifestação dos sindicatos com muitos milhares de pessoas a protestarem que uma mais pequena mas sem estar controlada por dentro. O protesto como forma de descarregar a ira contra a injustiça e criação de pobreza é aceitavel, se for para exigir uma verdadeira mudança já é mais perigoso. É por isso que a Manifestação de 15 de Outubro, (principalmente na sua vertente internacional), as Assembleias Populares que vão acontecendo por aí, as Acampadas, os Grupos de debate social são aquilo que os preocupa mais, pois é o próprio sistema que começam a colocar em causa.

7 comentários:

  1. Necessitamos de preparar a eventual saída do euro...SIM

    voltamos a um PIB de 90 mil milhões de dólares de há uns 15 anos atrás

    perderemos meio-milhão de emigrantes

    e outro tanto de imigrantes

    restarão 9,5 milhões a 9500 dólares per capita

    a dividir por 14 meses

    dá uma média de 700 dólares por mês

    fazendo a correlação para a tabelagem actual (mesmo pressupondo que a massa salarial do funcionalismo desce mais que a restante

    ficamos com o salário mínimo a 300 dólares

    o professorado fica na média dos 1200 (é quase tudo do quadro)

    o pessoal dos institutos desce prós 1500 dólares...

    Ler com pouca atenção quem souber fazer contas
    é só fazer as contas como dizia o outro

    de resto mais dois anos e é ver os gregos...

    os reformados voltam à desvalorização contínua do soarismo

    em que havia reformas da CUF de 7 contos e reformas da Quimigal de 45 contos em gajos com 7 anos de diferença
    reformas de 73 e reformas de 1980

    obviamente a harmonização cavaquista das reformazinhas e as actualizações sucessivas
    deram no que deram...

    definitivamente precisamos de mais manifestações

    e de greves...

    inda só menos enforcassem alguns nos candieiros

    mas só fazem barulhos esquisitos e parvos

    os ricos que paguem a crise ...pois

    vão pedir ós gajos que ganharam 60 milhões no euromilhões

    e que deram 25 mil euros a cada irmão

    que deêm 1,2 milhões ao estado....

    sim eles bão nisso...

    ResponderEliminar
  2. Nuno Correia30/8/11 17:41

    O metafórico filme "Matrix" e o seu ultimo bastião de luta "Zion" é uma perfeita representação da realidade mundial e nacional. É necessário haver uma Zion que possa iludir e controlar quem protesta ...

    ResponderEliminar
  3. O Pai dele foi do estado novo O Marcello C. padrinho... é dos mal enterrados!

    ResponderEliminar
  4. Kaos, por acaso ouvi-o e fiquei de boca aberta por ele ter admitido tudo isso.

    ResponderEliminar
  5. O Vidreiro30/8/11 21:44

    Os que têm vivido à conta do sistema e a maioria transitou do antes 25 de Abril de 74,estão com medo das manifs,que não sejam controladas.É natural,têm muito a perder,mas aqueles como eu,que trabalho desde os 11 anos e já lá vão 54 anos no pelo e ainda continuo a trabuquir,apesar da idade,não tenho medo,só tenho medo de perder a liberdade e a dignidade,porque são os bens mais preciosos do homens.Estou na luta e vou lá estar,agora e sempre que seja necessario.

    ResponderEliminar
  6. Corega Eh Ficse, penso que perdemos mais emigrantes, pelo menos olhando para estes (http://cdn.gave.min-edu.pt/files/388/GeografiaA719_V1_F2_11.pdf) dados. Se os anos de 2009 e 2010 forem iguais aos de 2007 e 2008, é uma desgraça.

    ResponderEliminar
  7. Efectivamente o "Tartufo" teve mais esta tirada pseudo-intelectual para tentar, de alguma maneira, condicionar a opinião de uma boa quantidade de acéfalos que o ouvem atentamente. No caso presente tenta enquadrar por forças politicas ou sindicais aquilo a que chama a possível e provavel revolta social a este ataque violentíssimo com que as TRIKAS e os ANTI-SOCIAIS estáo esburgalhar cerca de 90% dos portugueses, deixando claramente transparecer o enorme panico que uma revolta de rua....inspira às elites lamechas e parasitas cá da terra.
    Vai comprar um Rottweiler!!!!!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo