domingo, agosto 21, 2011

Ilusão ou engano


Na campanha eleitoral o Pasos Coelho prometeu, o Paulo Portas também, o programa eleitoral também que com eles no governo não havia cá boys nem meios boys. Só competencia. Claro que o famoso Super-Alvaro afirmou recentemente numa entrevista televisiva que a ideia não é de "no jobs for the boys", é "less jobs for the boys", mas mesmo assim fiquei espantado com a esperteza saloia da solução que encontraram para nomear os quadros superiores do Estado. Por concurso, com regras claras para ser escolhido o melhor mas, com a última palavra a ser dada pelo Ministro que pode simplesmente não ligar nenhuma ao resultado do mesmo. Honestamente prefiro o modelo actual em que se sabe que a nomeação é de um boy e é feita com celeridade que um que finja não ser aquilo que é e ainda se vai perder tempo e dinheiro a fazer um concurso para depois o Ministro escolher quem quer para o lugar.
Um Ilusionista tenta criar-nos uma ilusão sabendo que nós sabemos que é só uma ilusão, mas esta gentinha não nos quer iludir, quer mesmo é enganar-nos.

6 comentários:

  1. Eu acho piada é pelo facto de a MANADA ainda ir em "promessas"...

    ResponderEliminar
  2. Seja no esquema actual ou no futuro, tudo estará sempre viciado enquanto os concursos mantiverem como componente uma coisa abjecta chamada ENTREVISTA, a valer 50% do total. Ou seja, tanto como a valia curricular dos candidatos. É aí que entra a cor do cartão do Partido de cada um. O resto, não são mais do que tretas para entreter o povo!
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Por isso é que é MANADA, VOZ!
    Já viu a manada revoltar-se?
    Eu não.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Pois é, às vezes também me parece que mais vale esquecer a charada dos concursos públicos e dar logo os lugares às pessoas de confiança do chefe. Poupa-se trabalho, dinheiro e humilhações.

    ResponderEliminar
  6. Minifesto24/8/11 23:58

    Creio que é só incompetência e confusão: Para garantir a democracia querem controlar tudo!...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo