sábado, agosto 13, 2011

Os Caminhos da Educação


Ficámos agora a saber que afinal para o ano vão fechara 297 escolas e não as 266 faladas nem as propostas seiscentas herdadas dos sócretinos. Confuso para as autarquias, escolas e pais deve ser que só se saiba quais são a menos de um mês de começarem as aulas. Se lhe juntarmos as confusões com programas, a colocação e avaliação de professores custa entender qual o caminho que segue o Nuno Crato, mas sabemos onde vai chegar. Escolas geridas em função do lucro, rascas para os mais pobres, pagas para a classe média e escolas de exelência para os filhos do poder. Ainda me lembro do tempo do Botas em que Portugal tinha 70% de analfabetos porque era a mão de obra mais utilizada. Agora só é necessário actualizar os conhecimentos às novas necessidades do mercado.


21 comentários:

  1. olhe que não por falar nisso bloque

    ei ei um pop up

    o gajo faz-me durmir nas conferenciatas

    mas tem boas ideias

    e pelo menos foi o único que acabou com 900 destacamentos no ministério


    a minha primoka só com isso
    fica com menos 5000 ao ano

    fica só com 2400 brutos por mês

    coitadita
    já lá estava desde o Soares...

    e só se vai reformar...ora deixa cá ver 23 no soarismo 84?

    2012-1984 dá = 28 anos
    então inda falta 2 anos prá pedincha da reforma

    a não ser que esteja de baixa por surdez há 12 anos

    como um gajo ali d'Almada

    ou uma esquizo no Barreiro

    há 8 anos de baixa ou na biblioteca escolar

    ou...ou...

    no tempo do dito merceeiro

    ao menos sabiam inscrevê

    ahora milharó milharou
    nim isso k te n me o k no i);(

    ft er hu olp ur :/

    entendido?
    não?

    então tás velho pá

    ResponderEliminar
  2. são quase tã bons como o magalhães

    esta merda cai no chão ta<nta vez e nunca se parte é impressionante

    em Alcobaça havia uma esgraçada duma prufessora de 23 anitos

    queia de bicicleta 25 quilómetros prá merdaleja de cima
    dar aulas a 15 putos e 7 putas

    de 3 classes diferentes...

    era capaz de ser milhori

    a inducação anda mal há 50 anos

    já esteve pior

    ResponderEliminar
  3. e 70% de analfabetos devia ser no tempo do João Soares ou do rei D.Carlos

    Daqui se vê como a inducação é má
    nem geogra nem história tibeste de geito
    ó kamarada kÁ OS

    ResponderEliminar
  4. AS escolinhas técas formavam químicos de jeito prá quimigal

    quimigal+sapec empregavam 6000 gajos

    ahora 400

    bons técnicos para as minas
    bons mecânicos para qualquer coisa desde motores de cargueirox a dos carros

    há um que tem um estaleirozito perto de roterdam dam

    claro minas hoje (e só sobra Neves Corvo e pouco mais
    Pedreiras excluidas

    ou agricultura só mesmo os gebos

    porque cansa os costados

    e depois há aquele pessoal que tirou o 9º ano

    e anda a arrancar as calçadas lá pra Beja porque a câmara mudou de mãos e não lhe pagaram a calçada de 30 mil euros

    ou os de VRSantTónio a quem os amigos de negócios atiraram para os jornais e para o tribunal

    porque não têm os 2 milhões que pagaram por um pedacinho de terra

    que nem pra cagadoiro serve

    Bons ministros da Educação só Agostinho de Campos (quando analfabeto andava nos 70%

    e apesar de nã conseguir ouvir as ideias deste que me faz durmire

    já as tenho lido

    e não são más

    mas so senhor doutor engenhêro advugado acha que não


    cás por mi mate-se o gaijo

    adios pá bou ber os mês centro africanos a ber se já têm o gerador arranjado

    ResponderEliminar
  5. E o livro da 1ª classe eram muy melhores

    E pró Alberto Jão Nada?

    tudo

    é pena que nunca tenha chegado a ser nacionalizado como o Soares

    se tivesse sido nacionalizado
    tinha conseguido muitos mais emaudio's e emodium's

    ResponderEliminar
  6. Diz-se mal do Botas e aparecem logo os saudosistas, mas as realidades são o que são e quem viveu nessa época sabe bem como era. Eu vivi e não necessito de ir estudar história para a conhecer. Um regime de merda governado por assassinos.

    ResponderEliminar
  7. saudosistas?

    t'arrenego satanás

    mesmo a miséria em euros daqui a 3 anos

    ou em escudos daqui a 5 ou 20
    vai ser melhor do que os anos 60

    a questão aqui

    é que o sistema do pau e da cenoura ou da régua funcionava

    cá e na URSS

    e a educação era melhor

    e os moldavos e ucranianos e russos são prova disso

    claro só duram 2 ou 3 meses antes de ficarem iguais ós restantes

    ResponderEliminar
  8. e a régua era muito mais grande maior na URSS

    infelizmente pá vivi lá e vivi cá...

    e na roménia do super-palacete
    depois do terramoto....

    bons tempos

    saudosista?

    nem de Salazar nem de Chernenko
    de Ceausescu era fixolas
    era um kadahfi em ponto pequeno

    saudosista?

    eu cá kamarada não tenho saudades de nada

    nem do futuro
    nem do presente

    e do passado é tentar esquecê-lo

    ResponderEliminar
  9. lê-se mas não se compreende o que se lê

    é a chamada cegueira ideológica

    e não vale a pena dizer que não consegues ler as sequências de letras

    que até uma russa (bielorussa) com 5 anos em Portugal e españa

    consegue...

    saudades da Pevide e da KGB
    ou dos R.U.C nã
    nã tenho nenhuma

    do Sal y Azar saudosista de quê
    houve tantos tiranetes iguais depois dele

    e nem sequer foi preciso sair daqui

    e tantos tenreiros só que já não são pagos em traineiras

    nem de ser abocanhado pelos cachorrinhos da PIDE

    ou de levar uns sopapos por ter partido acidentalmente um dente a um neto de um

    logo palermóide aprende a ler

    se viveste nesses tempos

    deves ter dado às solas à recruta pra França
    não deves ter parado na URSA
    senão eras outro chico sem quimigal

    gajo que diga-se de passagem era um palermóide

    ResponderEliminar
  10. Quero lá saber do Salazar do Soares
    do Cunhal do Sá ou do Cavacóide

    isto era sobre o gajo da matemática

    e sobre o ensino

    coisa de que deves perceber pouco

    provavelmente és professor.....

    ResponderEliminar
  11. mas as fotomontages sã giras

    esgraço-me a rir às bezes

    havia um gajo do R.U.C que me partiu 5 costelames

    mas nã era por isso qu'eu nã falava com ele...até era bom tipo

    uma pessoa ou compreende os outros

    ou vive sempre de remorsos e ódios
    e coisas piores

    mas para cinquentão ou sessentão

    dás-te bem com estas coisa tecu no lógicas

    ê já me perdi desde o Fortran IV

    ResponderEliminar
  12. e o assembler para o 6502...

    até soviético usava

    mas só no processador de betume

    curiosamente

    só tinham 6502 e pouca coisa além dos velhinhos com fita magnética

    nisso nunca evoluiram

    agora entrar na Rússia com visto a 50 euros

    fosga-se
    dantes entrava-se de graça....

    o problema era sair

    ResponderEliminar
  13. saravá meu chapa

    isto é dos livrrinhos do zé carioca

    xará

    qu'eu nunca fui pró Brasil

    e da Ásia só gramei duas semanas no cáucaso no Verão a limpar petróleo da pulmonácea

    acho que fui mal compreendido
    é que em russo só sei falar palavrão....

    ResponderEliminar
  14. agora os putos russos
    as putas não sei

    quando chegam cá acham a gente ingnorante

    deve ser da educação à maiakovsky
    que metemos dentro

    ResponderEliminar
  15. Onde para o Nogueira que no tempo do "José" era o "Bravo" e agora é o "Manso"?...Manso mas não quexinhas!

    ResponderEliminar
  16. A Mim Me Parece14/8/11 00:43

    Caro Kaos

    Imagino que não lhe interessa saber, mas mesmo assim digo-lhe: segundo os respectivos censos de 1900, 1911, 1920 e 1930 e os recenceamentos gerais de 1940, 1950 e 1960 realizados em Portugal, a percentagem de portugueses com a idade de 14 anos que então eram ALFEBATIZADOS era a seguinte: 1900 - 20%; 1911 - 26%; 1920 - 31%; 1930 - 33%; 1940 - 56%; 1950 - 77%; 1960 - 97%. ALFEBATIZADOS COM 14 ANOS DE IDADE! Em 1960, quando o Botas completou 28 anos de Presidente do Conselho de Ministros, 70% dos portugueses com 30 a 34 anos de idade eram ALFEBETIZADOS. Mas claro que na sua "cartilha", caro Kaos, estes dados não constam. Mas o seu catecismo está errado. E o pior é que, provavelmente, até sabe disso...

    ResponderEliminar
  17. Os governos estão todos de mãos dadas para foder o povo!

    ResponderEliminar
  18. Cuidado eles ibernaram,mas agora andam aí vivinhos da Silva,pra continuar a defender os isbirros de outrora.Fachistas,assassinos;tenham vergonha e voltem prás catatunbas.

    ResponderEliminar
  19. A Mim Me Parece15/8/11 01:36

    "CatatuMbas", anónimo,catatumbas! Aprendi eu na década de 40(portanto no tempo do botas), quando ainda não tinha 10 anos de idade, que sempre se escreve com um "m" e não com um "n" antes de "b" e de "p". A si parece que não lhe ensinaram. Vai-se a ver e começa aí esse seu ódio ao tal botas! Olhe, tivesse nascido mais cedo!

    ResponderEliminar
  20. A Mim Me Parece15/8/11 01:50

    Caro Kaos

    Olhe que não lhe fazia mal nenhum estudar um pouco (melhor até seria estudar "um muito") da História do século XX do seu País (deduzindo que seja português!). Não da do "historiador" Rosas ou de outro qualquer pseudo. História séria, biografias, etc.. E daí até talvez pudesse ser perigoso: já se morreu em curas de desintoxicação.

    ResponderEliminar
  21. Olhe sr.(a)A Mim Me Parece,por vezes o que parece não é agradeço a lição,mas talvez quando voce andava a fazer corridas de testiculo em testiculo,já eu levava com peidos de cigano no lombo.Mas quero dizer-lhe que saudades doo seu idolo não tenho nenhumas.Não nasci em berço dourado e comi o pão que o diabo amassou,mas hoge ainda continuo a sustentar a parasitagem.Sempre ouvi de que quem não se sente não é filho de boa gente e é por essa razão que continuo a reclamar e a protestar.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo