sábado, agosto 06, 2011

Um abusa de empregadas a outra de fundos.


A justiça francesa decidiu investigar Christine Lagarde por desvio de fundos públicos e abuso de autoridade. A nova diretora-geral do FMI corre o risco de ser condenada a dez anos de cadeia. O inquérito judicial visa apurar o papel da então ministra da Economia no caso que tem o nome de "Bernard Tapie".

O seu antecessor anda com problemas de justiça por "abuso" de mulheres e ela por abusos de fundos públicos. Estamos a falar do FMI, Fundo Monetátio Internacional, e não da mercearia da esquina, mas também por cá tivemos o caso BPN e parecem não haver culpados para acusar e até se nomeia gente que pertencia à sua gestão para a nova gestão da CGD. Isto com gente fina é outra coisa.

4 comentários:

  1. Anónimo6/8/11 01:05

    Cá temos a gestão da CGD com gajos a ganhar 19 mil biscas, 16,3 etc. etc. etc. o regabofe continua e nunca há-de parar

    ResponderEliminar
  2. Ai pensavas que a ladroagem era exclusiva do rectângulo?

    O sistema vigente na maior parte do mundo isso permite.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo6/8/11 20:04

    GAIOLA com ela!
    Os cargos não lhes dão TODOS OS PODERES!
    TUDO TEM LIMITES!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  4. A Mim Me Parece10/8/11 02:43

    Pareceme que ambos gostam e abusam de "fundos". Uma de fundos públicos e o outro de fundos privados, ou eventualmente também públicos.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo