sexta-feira, setembro 16, 2011

Era cego agora vê


Aleluia meus irmãos. Ele era cego e agora vê. Milagre. «Portugal "não é uma ilha" e por isso mesmo o que se está a passar dentro das fronteiras da União Europeia pode "complicar" a vida ao país. Vejo hoje com "preocupação" o que se passa no espaço europeu, em especial na Grécia, e que "o que se está a passar na Europa e isso pode complicar o processo de mudança que estamos a fazer.»
Quem não se lembra de ver o Passos Coelho atirar copm todas as culpas da crise nacional para a governação do Sócrates e a negar qualquer responsabilidade da crise internacional. Eramos uma ilha, qual Madeira, só acarinhada pela "Bela Europa" e imune à falência do sitema financeiro Internacional. Para ele o mundo era simples a solução evidente; retirava-se o Sócrates e Portugal voltaria a ser um belo jardim à beira mar plantado.
Agora, dois meses depois já a Europa não é assim tão bela e não há espirro que alguém dê lá por fora para ser necessário aumentar amis um imposto cá dentro. Agora já tudo é causa para agravar a crise e toda aculpa é dos outros lá fora. Afinal nós até estamos a ser "alunos" obedientes e submissos. Como poderiamos ter culpa?

2 comentários:

  1. Meu caro,
    vivendo numa ilha (Madeira) sei bem como, apesar da conjuntura exterior ter uma grande importância, a forma como essa mesma ilha governada é sempre o factor mais importante...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo