sábado, outubro 22, 2011

Chegou a hora de caçar vampiros


São amigos, cresceram juntos, cada um nos Jotas dos seus partidos e ambos chegaram a lideres desses mesmos partidos sem nunca terem feito nada de relevante que o justificasse ou que mostrasse terem a estatura e a qualidade para isso. Um, através da mentira e do descrédito total a que o Sócrates foi votado, ascendeu a Primeiro-ministro, cargo para o qual demonstrou não estar minimamente preparado e a aplicação cega de uma agenda ultra-liberal está a destruir a pouca economia que ainda restava e a conduzir os portugueses à miséria e à fome por muitos e muitos anos. O outro, pelas mesmas razões do seu amigo navega nas águas da confusão, incapaz de fazer uma oposição credível e necessária, (porque não sabe ou não quer) e afirmou, mesmo antes de conhecer o desastroso orçamento do Gasparzinho que a possibilidade de votar contra era de 0,001%. Com o CDS a esconder-se para ver se ninguém se lembra que também eles fazem parte deste governo, os partidos mais à esquerda divididos e sem força para travar o avanço do capitalismo desenfreado só restamos nós, cidadãos para lhes fazer frente. A luta tem de ser feita na ocupação das ruas, no protesto constante e na exigência de uma verdadeira democracia em que sejam respeitados. Já não se trata de uma necessidade, já se trata da própria sobrevivência de muitos milhões. A rua é nossa e temos de a ocupar.

1 comentário:

  1. Com este "opositor" (Seguro) até o "botas" era democrata.

    Aliás, não valem a saliva que gastamos com eles, é gente que nunca comeu pão rijo, nem sopa de três dias, nem sequer sabem o que é vergar a mola, é gente que nasceu em berço de ouro, e como eram e são uns abutrezitos burros, encostaram-se aos respectivos partidos para subir na vida.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo