domingo, outubro 23, 2011

Ser trafulha é feio Sr. Ministro

Miguel Macedo tem um apartamento na zona de Lisboa, em que habita durante a semana. Mas, mesmo assim, recebe um subsídio mensal de habitação de cerca de 1400 euros. O Ministério da Administração Interna (MAI) justifica a legalidade desta situação com o facto de o governante ter a sua residência permanente em Braga.

Esta gente defende que os outros apertem o cinto, que aceitem viver na miséria com cortes nos salários, retirada de subsídios de férias e de Natal, aumentos de impostos e do custo de vida mas para eles mantêm as regalias mesmo que conseguidas através de esquemas e aldrabices. Esta gente que defende que quem ganha 485 euros por mês vive acima das suas possibilidades considera que para ir passar o fim-de-semana a Braga necessita ganhar mais 1400 euros. Esta gente não presta e não nos representa. Correr com eles a pontapé ainda é pouco.

3 comentários:

  1. hão de acabar como o Kadaffi democraticamente

    ResponderEliminar
  2. Tem a despesa de duas casitas. Coitadinho... São uns INVEJOSOS, pá! Esses gajos que trabalham são uns invejosos, katano! A'tão o homem não pode gozar-se daquilo que ganhou nos negócios?!

    ResponderEliminar
  3. O gajo ganhou vergonha e vai pedir a suspensão da dita. Afinal vale sempre a pena a luta tenaz contra esta gente.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo