domingo, outubro 09, 2011

Os "Incredibles" super-ministros

Era minha intenção escrever qualquer coisa sobre a prestação parlamentar do nosso Álvaro a que alguns teimam em chamar de Ministro. Procurava uma imagem, para fazer o boneco, qualquer coisa entre o super e o pateta mas acabei por dar com este "Incredibles" e não resisti. O Álvaro, esse ficará para outra altura.

6 comentários:

  1. Pateta o Álvaro?! O que é um pateta para si? Acha-se mais sábio ou menos "pateta" do que o Álvaro Santos Pereira? Por acaso conhece o currículo do homem? Fazer humor é uma coisa, mas dizer "alarvidades", passo o termo se mo permite, é outra. O homem tem uma visão muito realista da economia nacional. Sugiro que leia o livro dele, "Portugal na Hora da Verdade". Não é certamente com TGVs que o endividamento diminui e o País enriquece!! Dah

    ResponderEliminar
  2. pateta [pa]
    adjectivo uniforme e nome 2 géneros
    1. que ou pessoa que demonstra falta de bom senso; tolo
    2. que ou pessoa que revela ingenuidade; ingénuo; simplório
    (Do castelhano pateta, «idem»)

    Se tivesse assistido ao debate sobre transportes, já saberia que o adjectivo se aplica !
    O Barreto também escreve livros e é um pateta !

    ResponderEliminar
  3. Anónimo 04:02
    O homem até pode escrever muito bem e dizer coisas muito inteligentes. O pior é que a teoria muitas vezes não se aplica à prática. Basta ver a sua fantástica prestação como Ministro até agora. Até no governo já há quem pense que ele foi um erro de casting.

    ResponderEliminar
  4. Ó KAOS, O MANUEL PINHO ERA MELHOR, SEMPRE JOGAVA GOLF E FAZIA CORNINHOS
    VIVA O SEU XUXALISMO

    ResponderEliminar
  5. Anónimo 15:35
    Não há só carne e peixe na vida. Por este ser mau não implica que o outro tenha sido bom. Aliás basta percorrer este blog e certamente não faltarão posts a criticar o Pinho. Agora que este Álvaro também não saiu grande coisa também parece evidente
    PS: Tira os oculos laranja que talvez passes a ver melhor

    ResponderEliminar
  6. Kaos,se calhar não merece a pena perder tempo com comentários idiotas e mentecaptos, como esses dois acima.Este povo está bem para aquilo que tem.Só tenho pena de ter de partilhar o meu país com esta corja, tanto de políticos , como de quem os elege.Como já referi anteriormente, para esta malta, só um salazar não chegava, tinham de ser dois ou três.a realidade é que foram torturados morreram monte de comunas e não comunas, para cabar com a ditadura e esta corja,(como esses anónimos acima) já anseiam por mais um governante com mão de ferro.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo