domingo, outubro 09, 2011

O Super-Álvaro


Tinha mesmo de ser. No post anterior quando escrevi que andava à procura de uma imagem entre o Super e o pateta fez-se luz. Eu aflito sem encontrar uma boneco e só então tinha junto as duas palavras que são o nome de uma personagem. O Super-Pateta.
Devia agora escrever aquilo que queria ter escrito mas são quase 5 da manhã e os olhos já não ajudam de tanto se quererem fechar. Resumindo, Era o comboio de alta velocidade que já não vai haver para haver um de velocidade alta, que vai fechar mais de 250 km de linha de comboios, que o seu bom coração também é super e que nos próximos dois meses já não deverá haver mais aumentos nos transportes (ficamo-nos só pelo aumento de 25% de Setembro), que vai cobrar portagem nas Scuts, criar uma rede de combustível low-cost e que deseja que os carros a gás possam estacionar em parques cobertos. De economia parece que se esqueceu de falar.

9 comentários:

  1. Diz o computador que ver os seus links que é perigoso.
    Ainda não está operacional ?

    ResponderEliminar
  2. Que eu saiba já estava tudo bem. Vou tentar saber se apareceu algum novo problema. No meu PC até agora está tudo normal
    obrigado

    ResponderEliminar
  3. é perigoso ...faz dum ministro bom mas pateta um super-pateta

    ResponderEliminar
  4. Pela 1ª vez temos um ministro qué o portuga médio
    do nacional-porreirismo

    e quer-se logo sanear...

    num é das e-lites

    um ministro que consegue fazer algo em 3 meses

    quando ninguém o fez em trezentos e tal

    ResponderEliminar
  5. apanha por todos os lados

    vai ficar com os tomates comunistas....

    ResponderEliminar
  6. Não sei se ele é um portuga médio, alto ou baixo o que sei é que a economia não funciona e sem economia não há crescimento e sem crescimento não vamos a lado nenhum. Mas, quem gosta dele deve sentir-se feliz por ele lá estar, quem não gosta das suas políticas não. É o meu caso.

    ResponderEliminar
  7. Acha que o homem já sabia que ia ser ministro quando escreveu aquele livro em que aparece Portugal a afundar-se no mapa ibérico??

    ResponderEliminar
  8. http://brasilsexhub.com.br.tc/

    ResponderEliminar
  9. Somos um estado de consumo11/10/11 23:49

    só há serviços...e a maior parte do estado...que custam e não pagam impostos

    logo quando os restantes serviços vão abaixo ...ou o estado emagrece

    ou paga-se em serviços...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo